nsc
    santa

    Cidadania

    Projeto da PM em Blumenau busca orientar estudantes com disciplina e valores cívicos

    "Programa Estudante Cidadão" foi lançado nesta terça-feira na Escola Conselheiro Mafra, bairro Velha Grande

    20/08/2019 - 18h53 - Atualizada em: 21/08/2019 - 03h35

    Compartilhe

    Gabriel
    Por Gabriel Lima
    programa estudante cidadão
    Estudantes estiveram reunidos em fila no ginásio da Escola Conselheiro Mafra
    (Foto: )

    Há alguns anos, era comum a Polícia Militar ser chamada para intervir na Escola Básica Municipal Conselheiro Mafra, localizada no bairro Velha Grande, em Blumenau. Situações envolvendo brigas entre alunos e desrespeito com os servidores ocorriam ao mesmo tempo em que o colégio sofria com problemas de infraestrutura.

    Quem conta isso é Ramides Sedilso Pessatti, atual diretor e um dos quatro professores que atuam há mais tempo na unidade. Ele afirma que precisava de mais tempo para resolver conflitos entre alunos e alertar os pais sobre problemas de disciplina do que em planejar ações pedagógicas para melhorar o ambiente escolar e o aprendizado das crianças e adolescentes.

    Com apoio dos professores, ele considera que a situação melhorou consideravelmente nos últimos anos, o que refletiu na redução dos casos em que era necessário acionar a Polícia Militar. Ao mesmo tempo, a escola teve investimento do poder público para fazer reformas como do telhado da unidade, o que parou as goteiras que havia nas salas de aulas.

    Nesta terça-feira, os policiais estiveram novamente na escola Conselheiro Mafra, mas por outro motivo: lançar na unidade o "Programa Estudante Cidadão". Serão dez policiais envolvidos com o projeto de forma voluntária em dois momentos por semana com os estudantes, na terça-feira e outro na quinta-feira, com duração de 15 minutos no início do aula no período vespertino para estudantes do pré-escolar ao quinto ano.

    O comandante do 10º batalhão da Polícia Militar, Jefferson Schmidt, afirma que nesse tempo serão ensinados valores cívicos e noções de patriotismo, como a explicação sobre as cores da bandeira, o significado da frase "Ordem e Progresso" e a origem do hino nacional. Dependendo do interesse dos estudantes, os policiais também podem falar sobre noções de segurança, disciplina, hierarquia e responsabilidade.

    — Estamos moldando o cidadão que vai se tornar um adulto com melhores princípios. Para os pais, é uma oportunidade de participar da vida escolar e ver os filhos agregando bons valores. Enquanto para a escola, pode representar a melhora do desempenho e do comportamento de vários alunos em sala de aula — ressalta.

    Ao longo de todas as semanas do semestre, um dos estudantes receberá um broche com o título de "Aluno Destaque", seguindo critérios que incluem comportamento do aluno em sala de aula, respeito com os colegas e o zelo pela escola. O aluno mais premiado até o fim do ano receberá um prêmio surpresa como forma de valorizar o seu trabalho ao longo do semestre letivo.

    Como a ação começou no dia 6 de agosto, apesar do lançamento ter ocorrido nesta terça-feira, três crianças foram premiadas durante a solenidade. O evento também a presença de dezenas de pais, convidados para acompanhar esse momento, e de autoridades como o prefeito Mário Hildebrandt, a secretária municipal de Educação Patrícia Lueders e o comandante da 7ª região da Polícia Militar, coronel Moacir Gomes Ribeiro.

    Autoridades premiaram alguns alunos com um broche
    Autoridades premiaram alguns alunos com um broche
    (Foto: )

    Algumas melhorias já são percebidas

    Desde o início do programa, Ramides avalia que o resultado está sendo positivo e que tem percebido mudanças no comportamento dos alunos. São situações simples, como pedir por favor ao pegar a bola de futebol e fazer fila para ouvir o Hino Nacional, mas que há alguns anos não eram muito comuns na escola.

    — Queremos mudar as opções de vida dessas crianças, que eles tenham oportunidades para que possam escolher o caminho que querem seguir. Sempre tentamos convidar autoridades ou empresários que tinham muito pouco e alcançaram sucesso para motivar as nossas crianças a pensar alto. E isso vai refletir no futuro desde a vida no trabalho até a educação dos filhos — destaca.

    O programa é inspirado em uma ação iniciada no ano passado em Camboriú no Caic Jovem Ailor Lotério, bairro Monte Alegre. A Polícia Militar considera um projeto referência por ter reduzido a evasão escolar na unidade. A estratégia da corporação foi criar atrativos às segundas e sextas-feiras, dias que eram considerados mais críticos, e criar novas referências para as crianças.

    Apesar da inspiração, o comandante Schmidt prefere não divulgar as metas com o programa. Ele afirma que é um projeto-piloto em Blumenau e que as situações no município são distintas das enfrentadas em outros municípios, o que torna difícil estimar os resultados que podem ser alcançados.

    Presente na solenidade, o prefeito Mário Hildebrandt avaliou o "Programa Estudante Cidadão" como uma forma de levar disciplina, ordem e cidadania aos estudantes das escolas municipais de Blumenau.

    — É uma oportunidade de um contato próximo que vai facilitar e dar acesso à Polícia Militar ao dia a dia dessa comunidade e ao mesmo dia vai influenciar diretamente na cultura da escola. Cria uma oportunidade para disseminar informações que vão mudar o comportamento das crianças tanto na escola quanto nas suas casas — afirma.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas