nsc
hora_de_sc

Na Guarda

Pronto para luta com José Aldo, Marlon Moraes prega respeito antes do UFC 245

Brasileiros fazem a segunda luta do card principal neste sábado, dia 14, em Las Vegas

13/12/2019 - 21h21 - Atualizada em: 14/12/2019 - 11h36

Compartilhe

Por Folhapress
Marlon e Aldo fizeram uma encarada tensa
Marlon e Aldo fizeram uma encarada tensa
(Foto: )

Marlon Moraes chegou perto do topo. Derrotado por Henry Cejudo na disputa do cinturão do peso galo do UFC, o fluminense de Nova Friburgo tem neste sábado (14) a chance de se recuperar no evento, mas com um desafio tão grande ou maior. Ele terá pela frente no UFC 245, em Las Vegas, nos Estados Unidos, a lenda brasileira José Aldo, ex-campeão dos penas e no início de caminhada para tentar repetir o sucesso agora na categoria até 61,7 kg.

Diante do peso do adversário, um dos nomes mais conhecidos do MMA no Brasil e estreante nos galos, Marlon usa a preparação psicológica para quebrar esta barreira. No octógono, o nome e a fama ficam para trás, embora haja enorme respeito do lutador pelo manauara. O horário da luta do José Aldo está previsto para 1h30min de domingo.

— É um prazer lutar com uma lenda, mas não posso só ficar olhando para ele. Quero entrar e fazer a melhor luta que fiz na vida. Meu foco é sempre na próxima luta — afirmou Marlon, durante encontro com jornalistas brasileiros promovido pelo próprio UFC.

— Vim ao UFC para lutar com os melhores. Quanto mais duro o adversário, melhor. Vou dizer 'sim' sempre — acrescentou Marlon Moraes, que soma quatro vitórias e duas derrotas no principal evento de artes marciais mistas do planeta.

Fora o fato de encarar um nome expressivo do MMA brasileiro, Marlon Moraes terá pela frente um antigo companheiro de academia. O fluminense trabalhou na Nova União, famosa por ter Aldo como grande referência. Naquele tempo, jamais imaginaria enfrentar o símbolo do ginásio carioca.

— Sempre tive o sonho de lutar contra os melhores, mas nunca imaginei que encararia o Aldo. Treinamos na mesma academia, mas não treinávamos juntos. Mas isso é de outro tempo, de outra época. Sou outro atleta e ele outro atleta, agora teremos a chance de nos testarmos — destacou.

Marlon Moraes procurou demonstrar respeito, porém, sem se colocar em um patamar abaixo ao do rival do fim de semana. Tanto que, no fim das contas, ter José Aldo pela frente significa mais um combate importante, pensando em uma nova chance de cinturão no evento.

— Quero vencer a luta, não estou pensando no que isso trará para mim. Meu principal objetivo é lutar com os melhores, mostrar minha história, quem sabe um dia me tornar o campeão — projetou.

Card do UFC 245

14 de dezembro, em Las Vegas (EUA)

Card principal — 1h

Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Colby Covington

Peso-pena: Max Holloway x Alexander Volkanovski

Peso-galo: Amanda Nunes x Germaine de Randamie

Peso-galo: Marlon Moraes x José Aldo

Peso-galo: Petr Yan x Urijah Faber

Card preliminar — 20h15min

Peso-meio-médio: Geoff Neal x Mike Perry

Peso-galo: Ketlen Vieira x Irene Aldana

Peso-médio: Ian Heinisch x Omari Akhmedov

Peso-meio-médio: Matt Brown x Ben Saunders

Peso-pena: Chase Hooper x Daniel Teymur

Peso-mosca: Brandon Moreno x Kai-Kara France

Peso-mosca: Jessica Eye x Vivi Araújo

Peso-médio: Punahele Soriano x Oskar Piechota

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

Colunistas