Dario de Souza, autor de um assassinato cometido há 27 anos no Alto Vale do Itajaí, é o foragido mais antigo de Santa Catarina, conforme uma lista divulgada pela Polícia Civil nesta semana. No site, constam os criminosos mais procurados do Estado, com o objetivo de que a população os reconheça, denuncie e ajude as autoridades a prendê-los.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Itajaí e região por WhatsApp

A Polícia Civil sustenta que Dario matou o marido da mulher com quem tinha um relacionamento. A esposa da vítima teria participado do crime e os dois foram presos em 1995. Segundo o inquérito, o homem morto levou um tiro no ouvido e foi encontrado com a arma ao lado do corpo, simulando um suicídio. No enterro, ainda se acreditava nessa tese, mas a investigação mostrou o contrário.

O assassinato ocorreu em Vidal Ramos e a dupla foi levada para a cadeia pública de Ituporanga. Pouco antes de ir a julgamento, em 16 de fevereiro de 1996, o criminoso fugiu e nunca mais foi capturado. A expectativa é que assim como Dario, outras pessoas que foram condenadas pelo Poder Judiciário e que estão foragidas, possam ser levadas à prisão para cumprir pena.

— O cidadão poderá prestar informações de paradeiro, veículos, pessoas com quem o foragido está se relacionando, para que a gente possa encontrar esse criminoso que, em sua maioria, está há muitos anos foragido — afirma o delegado Allan Antunes Marinho Leandro.

Continua depois da publicidade

A lista divulgada nesta segunda-feira (13) traz 15 nomes. Confira na galeria abaixo:

Os foragidos de SC, segundo a Polícia Civil

Leia mais

Criança morre após explosão com álcool usado para secar casa atingida por enchente

Sumiço de R$ 200 mil em peixes e camarões em Itajaí resulta em operação policial

Destaques do NSC Total