nsc
    santa

    Violência contra mulher

    Quem era a jovem morta a facadas pelo ex-namorado em Blumenau

    Crime já é tratado como feminicídio e ocorreu na manhã desta quinta-feira (26) no estacionamento de um salão de beleza na Região Central

    26/11/2020 - 10h33 - Atualizada em: 27/11/2020 - 05h29

    Compartilhe

    Augusto
    Por Augusto Ittner
    Brenda
    Por Brenda Bittencourt
    Day, como era conhecida, era cabeleireira.
    Day, como era conhecida, era cabeleireira.
    (Foto: )

    Foi identificada como Daiana dos Santos da Silva, 27 anos, a jovem que foi morta a facadas pelo ex-namorado no estacionamento de um salão de beleza, em plena Região Central de Blumenau. A vítima era cabeleireira no local e chegava para trabalhar por volta das 9h quando foi abordada pelo suspeito do assassinato — que já é tratado como feminicídio pela Polícia Civil. Ela chegou a ser socorrida pelos bombeiros e pelo Samu, mas não resistiu e morreu no local.

    > Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Nas redes sociais, Day — como era conhecida — postava com orgulho os trabalhos feitos no salão. Negra, era especialista em cabelos cacheados e crespos e publicava vídeos em que valorizava a identidade da estética enquanto um ato político. Ela também dava dicas às mulheres sobre como cuidar melhor e destacar os cachos naturais. Natural de Sete Lagoas (MG), ela havia começado a trabalhar no local há menos de um ano.

    O principal e único suspeito do crime já foi identificado e preso preventivamente. Ele abordou a jovem quando ela estacionava a moto atrás do salão de beleza e a matou com diversos golpes de faca na região do tórax e do pescoço, conforma relato da Polícia Militar. Depois do crime, com a roupa suja de sangue, ele chegou a fugir do local, mas foi preso pelos PMs na Região da Fortaleza e encaminhado à Central de Polícia.

    Esse é o terceiro feminicídio registrado em Santa Catarina apenas nesta semana. Os outros ocorreram no Norte do Estado: primeiro em Joinville, na noite de domingo, e depois em Araquari, em que a vítima foi assassinada com um tiro na cabeça na frente dos filhos.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas