As duas pessoas encontradas mortas em Agrolândia, no Alto Vale do Itajaí, no domingo (20) foram identificadas como Fabiana Schutze, 39 anos, e Valdeci do Amaral, 48. O corpo da mulher estava dentro de um carro e o do homem do lado de fora, na frente da casa onde ele morava, no Centro da cidade.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias do Vale do Itajaí pelo WhatsApp

De acordo com o delegado Daniel Zucon, a principal linha de investigação aponta para um feminicídio seguido de suicídio. A Polícia Civil busca por imagens de câmeras de segurança da região que possam ajudar a esclarecer o caso. Testemunhas também devem ser ouvidas no decorrer da semana.

Segundo familiares, Fabiane e Valdeci tiveram um relacionamento marcado por idas e vindas e com episódios de violência e ameaças de morte. Atualmente, o casal estava separado. A mulher deixa sete filhos. Quatro deles, com idades entre 10 e 17 anos, ainda moravam com a mãe e foram acolhidos pelo pai após o crime.

Leia também

> Motorista se revolta com pedido de cuidado e provoca briga generalizada no Alto Vale

Continua depois da publicidade

> Mãe vê filha de três meses passar mal, se recusa a ir ao médico e vai presa em Blumenau

> “Ele devolveu a paz e a esperança a seis famílias”, diz tio após doação de órgãos do sobrinho em SC

Destaques do NSC Total