nsc
nsc

Educação

Redação nota 10: veja dicas para melhorar o seu texto

Descubra como criar uma redação atraente e objetiva para conquistar os avaliadores

08/12/2021 - 09h15

Compartilhe

Portal
Por Portal EdiCase
Saiba como escrever um bom texto
Saiba como escrever um bom texto
(Foto: )

Quem não tem o hábito de escrever, acaba entrando em desespero quando precisa fazer uma redação para vestibulares, concursos ou até mesmo em uma entrevista de emprego. Mas, tudo é uma questão de treino, planejamento e força de vontade.

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

“É preciso um ‘ritual’, que se inicia com o planejamento do texto, passa pelas anotações sobre o que se pretende escrever, a pesquisa sobre o tema, a redação propriamente dita, a revisão da redação e, por fim, o ato de passar isso tudo a limpo. Isso significa que uma redação não pode ser feita de uma só tacada: é preciso cumprir etapas”, explica o doutor em Língua Portuguesa Edson Correa.

Fique atento à proposta

O processo da redação começa muito antes da escrita. É preciso se atentar ao que é exigido pelos avaliadores para não fugir do tema. “Ela deve obedecer ao que é solicitado quanto à tipologia textual, ao gênero textual e ao tema proposto. Se um redator não consegue compreender o que está sendo pedido, ele já se revela com deficiência de competência textual”, completa o doutor em Língua Portuguesa.

> Confira o Aulão Enem NSC 2021 — Português

Veja algumas dicas do professor Edson Correa para melhorar o seu texto

  • A redação deve demonstrar que o autor tem domínio da norma culta da língua e capacidade de desenvolver e articular suas ideias, com clareza e concisão.
  • Planeje o texto, buscando informações sobre o que se pretende escrever; anote essas informações.
  • Faça uma primeira versão do texto; releia o que escreveu em voz alta; corrija o que estiver errado; passe a limpo e entregue a redação.
  • Escreve melhor quem lê mais, porque o autor se familiariza com as estruturas textuais, aprende novas palavras e adquire mais repertório.
  • É importante que o autor seja um leitor crítico de si mesmo, que ele seja capaz de reconhecer os erros quando fizer a revisão. Por isso, na revisão é importante que seja feita uma leitura oral, porque assim é possível ouvir o que há de ruim no texto.

Edson Correa ressalta que, se houver um planejamento bem-feito, a chance de começar outra redação após a revisão vai ser bem menor.

> Aprenda a usar a vírgula corretamente de forma simples

Crie um texto conciso

Outro ponto importante em uma boa redação é a capacidade de elaborar um texto conciso. “No qual as ideias e argumentos são elaborados de forma clara e sem rodeios. Alunos muitas vezes ficam preocupados com o número de palavras de uma redação e começam a ‘encher linguiça’. Fatalmente, acabam se perdendo em meio a tantas palavras e frases soltas, sem objetivo claro”, alerta Alexandre Daumerie, professor do curso de Letras da Anhanguera de Niterói.

Por isso é fundamental criar o hábito de ler. “Qualquer leitura. Mas se o objetivo é escrever boas narrativas, é importante ler romances, contos e crônicas. Se o objetivo é escrever textos jornalísticos, devem ser lidos jornais e revistas, e assim vai”, explica Edson Correa.

> Simulador das Notas de Corte do Sisu: calcule suas chances

Como encantar com o seu texto

Um bom texto deve prender o leitor ao ponto de fazê-lo ler o que você escreveu até o final. No entanto, isso não é tão fácil em determinados tipos de texto. “Um texto ‘sedutor’ deve estruturar-se eficientemente conforme o que exige sua tipologia ou gênero. Um texto do tipo narrativo, por exemplo, deve ter um enredo instigante e um conflito inteligente e verossímil. Já um texto do tipo argumentativo deve apresentar argumentos consistentes que levem o leitor a crer na tese que se pretende defender”, analisa o professor Édson Correa.

Texto objetivo

É fundamental treinar a escrita para que se consiga escrever um texto objetivo e, ao mesmo tempo, atraente. “Quanto à objetividade, essa vai depender da capacidade de síntese do autor no sentido de transmitir suas ideias de maneira simples e direta. No entanto, a objetividade pode não ser um elemento primordial em alguns gêneros textuais, como os literários, por exemplo”, conclui Edson Correa.

*Por Matilde Freitas

Leia também

Conheça a técnica das cores para melhorar sua redação

Palavras que mais geram dúvidas ao escrever

Dicas para se preparar para o vestibular

Colunistas