nsc

Artigo

Ricardo Dalbosco: Como a Síndrome do FOPO nas redes sociais pode prejudicar a sua carreira

FOPO é a sigla do termo inglês Fear of Other People’s Opinion , que significa “Medo da opinião dos outros”.

29/04/2022 - 15h22

Compartilhe

Por Redação NSC
Mulher preocupada
Como a Síndrome do FOPO nas redes sociais pode proteger sua carreira
(Foto: )

*Artigo por Ricardo Dalbosco

A Síndrome do FOPO já existia, mas teve um crescimento acelerado depois que a cultura do cancelamento tornou-se mais presente no nosso dia a dia nas redes sociais. É a sigla do termo inglês Fear of Other People’s Opinion (FOPO), que significa “Medo da opinião dos outros”. Ou seja, as pessoas passaram a ter medo de postar porque ficam pensando no que seus seguidores irão pensar e como irão reagir.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

Abaixo, quatro ações e sentimentos típicos de quem sofre da Síndrome do FOPO:

- Diz “sim” para aquilo que não quer ou não sente vontade em fazer;

- Acha-se perfeccionista, travando para o próximo passo;

- Não posta nas redes sociais pois acredita que não irá gerar engajamento e nem mesmo curtida;

- Prefere esconder sua capacidade e conhecimento por trás de outro profissional.

Quando você deixa de se projetar e posicionar sua marca pessoal no seu segmento por receio do julgamento, você passa a não ser protagonista do seu futuro, mas sim apenas um participante das condições que lhe empurram e que acham melhor para você. Isso tende a gerar um senso de incompetência enorme, deixando vários profissionais com a sensação de que não são bons o suficiente no mercado de trabalho. Enquanto isso, observam concorrentes com menor qualificação e experiência projetando-se nas redes sociais e angariando oportunidades, convites e negócios que poderiam ser seus.

Se você acredita que há uma versão interna que o mundo ainda desconhece sobre você, procure identificar quais são os fatores bloqueadores e crenças limitantes de construir uma marca pessoal admirável e respeitável no mercado. Acreditar em si mesmo e ter a atitude de buscar ajuda para identificar a causa-raiz dessa insegurança, poderá ser a primeira ação que demonstrará a você mesmo que há algo de maior valor que você pode impactar positivamente o seu mercado…e a sua própria vida por meio da auto realização.

Quando você entende o que está lhe bloqueando e impedindo a sua geração de conteúdo nas redes sociais, aumenta as chances de vencer o medo de postar e começa a compartilhar conhecimentos sobre sua área. Você passa então a um outro nível de forma a agregar valor no dia a dia de outras pessoas, assim como possibilitando o aumento de oportunidades na sua carreira. Que tal repensar sobre isso caso você tenha inseguranças nas redes sociais?

Colunistas