Dois jovens, de 20 e 21 anos, foram condenados em Balneário Camboriú por uma série de crimes cometidos no início deste ano. A denúncia do Ministério Público revela um roteiro de quase nove horas desde o momento em que a dupla começou os delitos até a polícia conseguir pará-los. Ele foram sentenciados por tentativa de homicídio, roubo, desobediência à autoridade e direção perigosa.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Balneário Camboriú e região direto no WhatsApp

O processo aponta que na madrugada de 13 de fevereiro a dupla abordou dois pedestres que passavam perto do Ferry Boat, em Itajaí. Usando uma arma de choque, os criminosos ameaçaram as vítimas e conseguiram roubar dois aparelhos celulares e um cordão de prata. Na sequência, eles partiram para Balneário Camboriú, onde roubaram um carro na Avenida Atlântica.

A Polícia Militar foi chamada pelas vítimas e começou as buscas pelos criminosos. Os dois foram localizados no bairro Monte Alegre, em Camboriú. Foi dada voz de prisão, porém os criminosos desobedeceram e fugiram de carro. Houve perseguição e os PMs conseguiram fazer um cerco em uma rua perto da 5ª Avenida, em Balneário Camboriú.

Nesse momento, o motorista do veículo de fuga atropelou um policial que estava desembarcando da viatura. A fuga continuou com a dupla passando por diversos cruzamentos em alta velocidade, avançando o sinal vermelho, e colocando em risco a vida de pedestres e motoristas. Os criminosos só pararam por volta das 11h, quando bateram com o carro perto do Hospital Ruth Cardoso e foram presos.

Continua depois da publicidade

O jovem de 20 anos recebeu a pena de 11 anos, nove meses e 18 dias de reclusão pelos crimes de tentativa de homicídio, roubo e não acatar a ordem dos polícias. Ele não pode recorrer da sentença em liberdade. Já o comparsa, de 21 anos, foi condenado a sete anos, três meses e 18 dias de reclusão em regime inicial semiaberto por roubo e desacato a ordem dos polícias.  

Leia mais

Motorista denuncia assalto em Blumenau e diz ter sido amarrado de cabeça para baixo

Mulher encontra irmã assassinada dentro de casa em Gaspar; marido é suspeito

Destaques do NSC Total