O sanduíche é uma receita bastante conhecida e também muito versátil. Isto abre espaço para que muita coisa seja feita, afinal, você só precisa de dois pães e muita criatividade para fazer o recheio que quiser ou que tiver à mão. Por ser prático, ele está presente no lanche da tarde em casa até pratos inovadores em restaurantes. Continue a leitura para conhecer os três sanduíches mais diferentes ao redor do mundo.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

Os 3 sanduíches mais diferentes do mundo

1 – Donkey Burger, China

O Donkey Burger, em tradução literal significa hambúrguer de burro. Ou seja, esse sanduíche é feito com carne de burro. De acordo com o site Taste Atlas, o lanche é muito popular em regiões específicas da China, como as cidades de Baoding e Hejiang. De forma geral, o sanduiche leva carne moída de burro e pimentas verdes. Além disso, a carne é deixada em um tempero por muito tempo, para que o sabor forte diminua um pouco.

2 – Sanduíche de Morango e Creme, Inglaterra

Morango e creme é uma sobremesa comum e que gera muito orgulho na Inglaterra. Então, para celebrar o torneio de tênis de Wimbledon, onde esse lanche sempre foi comum, a lanchonete Tesco resolveu colocar esse doce no meio de dois pães e servir o sanduíche no Grand Slam de tênis em Londres. Porém, no final, o preparo pareceu ser um pouco diferente, afinal não é a combinação mais natural do mundo. Desse modo, o tradicional morango com creme acabou sendo utilizado mais como aperitivo para as partidas.

Continua depois da publicidade

3 – Sanguché de Potito, Chile

O Sanguché de Potitio é muito comum em ambientes esportivos. Segundo o site Atlas Obscura, ele é muito servido em dias de jogos no Estádio Nacional, em Santiago no Chile. Normalmente, o sanduíche é feito com dois pães marraquete, cebola frita e carnes um tanto diferentes, que podem ser do intestino quanto do reto bovino. Além disso, pode ser servido com condimentos como Ketchup, Maionese e Pimentas.

Além disso, esse sanduíche remete à história do Chile, já que ele foi criado como uma opção barata e fácil para os trabalhadores que construíam as ferrovias no século XIX.

Leia também

Bolo de creme de avelã sem farinha com apenas 2 ingredientes e muito sabor

O cacau veio de Madagascar? Entenda a música de abertura de Renascer

Destaques do NSC Total