nsc
    dc

    Campanha nacional

    Santa Catarina recebeu 865,2 mil doses de vacina contra a gripe e imunizou 512,2 mil pessoas 

    Com 173,6 mil doses, a distribuição do lote mais recente para as regionais de saúde iniciou na quinta-feira 

    03/04/2020 - 09h33 - Atualizada em: 03/04/2020 - 10h15

    Compartilhe

    Lariane
    Por Lariane Cagnini
    gripe
    No momento, idosos e profissionais da saúde recebem a vacina no SUS
    (Foto: )

    Santa Catarina recebeu do Ministério da Saúde mais 173,6 mil doses da vacina contra a gripe. As doses começaram a ser distribuídas para as 17 regionais de saúde na quinta-feira, 2, e depois serão destinadas aos municípios. No total, o Estado já recebeu 865,2 mil doses para imunização contra o Influenza, e vacinou 512,2 mil pessoas até o início da manhã desta sexta-feira, 3, conforme dados do SIPNI/DATASUS/MS.

    > Em site especial, saiba mais sobre o coronavírus

    O Ministério da Saúde tem recebido as doses da vacina de forma escalonada, de acordo com a produção, já que a campanha deste ano foi antecipada. A imunização contra o vírus Influenza é uma estratégia para auxiliar no diagnóstico do coronavírus. Quando a pessoa informa que está vacinada contra a gripe, facilita o atendimento nas unidades de saúde pois as doenças contempladas na vacina não serão consideradas.

    Ao todo, Santa Catarina receberá um total de 2.570.800 doses em pequenos lotes, com datas a serem confirmadas. O quantitativo recebido é dividido para as regionais de saúde de acordo com os grupos prioritários, de maneira proporcional. As regionais de saúde são responsáveis por distribuir as vacinas aos 295 municípios catarinenses.

    A Campanha de Vacinação contra a gripe segue até o dia 22 de maio. Nesse momento, o grupo prioritário que recebe a dose são idosos e profissionais da saúde. O próximo grupo prioritário será de doentes crônicos, professores (rede pública e privada) e profissionais das forças de segurança e salvamento, a partir de 16 de abril.

    A última fase, que começa no dia 9 de maio, priorizará crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com deficiência, povos indígenas, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade, segundo o Ministério da Saúde.

    Casos de gripe em Santa Catarina

    De acordo com o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde de Santa Catarina (SES), até o dia 1º de abril foram confirmados 28 casos de Influenza (gripe) no Estado em 2020. Destes, 10 pelo vírus A (H1N1), 9 pelo vírus Influenza A, com subtipagem em andamento, e 9 pelo vírus Influenza B.

    Os municípios que apresentaram casos foram: Florianópolis com 4 casos; Balneário Camboriú, Chapecó, Imbituba, Indaial e Lages com 2 casos cada; Biguaçu, Braço do Norte, Campos Novos, Concórdia, Corupá, Guaramirim, Ibirama, Jaraguá do Sul, Palhoça, Rio do Sul e Rio Negrinho com 1 caso cada; além de 3 casos de pacientes dos estados de Paraná, Pernambuco e São Paulo.

    No mesmo período foram notificadas duas mortes: um morador de Lages-SC, 31 anos, sem registro de comorbidade; e um morador de Matinhos-PR, 81 anos, com doença crônica.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas