O maior concurso público do Brasil em número de candidatos recebeu quase 40 mil inscrições de catarinenses para a prova que acontece em 5 de maio. O Concurso Público Nacional Unificado (CPNU), conhecido como o “Enem dos Concursos”, modelo de seleção de servidores públicos criado pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), será realizado em 228 cidades do país, sendo que oito delas são em Santa Catarina.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Os candidatos de todo o Brasil disputarão as 6.640 vagas oferecidas no maior processo seletivo para o serviço público da história do país. Com 2,1 milhões de inscritos neste ano, o CPNU já é o concurso com o maior número de candidatos realizado no Brasil, superando os recordes anteriores dos certames do Banco do Brasil de 2021 e 2022, que registraram, respectivamente, 1,6 e 1,5 milhão de inscritos.

FOTOS: Conheça 5 casas com arquitetura diferenciada para alugar em SC

Veja números de candidatos por local de prova em SC

Continua depois da publicidade

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) enviou ofícios aos governadores e prefeitos dos municípios onde serão aplicadas as provas. O documento solicita cooperação para garantir a segurança e a logística necessárias à realização do certame.

A correspondência, assinada pela ministra da Gestão, Esther Dweck, destaca a importância de evitar a realização de grandes eventos nas cidades onde o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU) será realizado, em 5 de maio, a fim de facilitar o deslocamento dos candidatos e garantir a segurança nos locais de prova.

Além disso, a Fundação Cesgranrio, empresa aplicadora do concurso, em parceria com órgãos como a Secretaria de Segurança Pública do Ministério da Justiça e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), está em contato com as autoridades estaduais e municipais para tratar de questões logísticas e de segurança.

Também para viabilizar a logística e a segurança do certame, uma rede de aplicação foi estabelecida conectando órgãos das administrações públicas federais e estaduais. Houve, inclusive, a integração com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp/MJSP), Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Força Nacional (FN) e Secretarias de Segurança Pública estaduais.

Continua depois da publicidade

Leia também

“Melhor experiência”: conheça a casa com um dos aluguéis mais caros de Joinville

A megaoperação para limpar as torres gêmeas de Balneário Camboriú; veja fotos

FOTOS: Saiba como adotar um dos cães de raça resgatados de canil clandestino em Joinville

Destaques do NSC Total