nsc
    dc

    Amistoso

    Seleção brasileira empata com Nigéria e chega a quatro jogos sem vencer

    O público presente no Estádio Nacional não se empolgou e vários setores da arquibancada ficaram vazios

    13/10/2019 - 11h05 - Atualizada em: 13/10/2019 - 11h06

    Compartilhe

    Por Folhapress
    (Foto: )

    A seleção brasileira empatou em 1 a 1 com a seleção da Nigéria no amistoso realizado em Singapura, neste domingo (13).

    O jogo encerrou a série de dois confrontos no Estádio Nacional, na região central de Singapura. Na quinta-feira (10), a seleção brasileira empatou com a de Senegal também em 1 a 1.

    Esse é o quarto jogo seguido após a Copa América sem vitória da equipe sob comando do técnico Tite. Em setembro, a seleção havia empatado com a Colômbia e perdido para o Peru.

    Ofensivo nos primeiros 15 minutos de partida, o time brasileiro deixou os nigerianos dominarem aos poucos o restante do primeiro tempo de jogo, até que, aos 34 minutos, o volante Aribo arrematou o primeiro gol da partida com uma bola recebida por Simon, furando a defesa do time do Brasil.

    Aos 11 minutos do primeiro tempo, Neymar sentiu a coxa esquerda e teve de ser substituído por Philippe Coutinho.

    Embora os últimos minutos da primeira etapa da partida tenham sido de boas chances para a seleção brasileira, o bloqueio nigeriano respondeu à altura, com interrupções precisas das tentativas de ataque.

    O empate veio logo no início do segundo tempo. Após receber um cruzamento de Dani Alves, Marquinhos mandou a bola para a trave. Casemiro dominou no rebote e finalizou o gol.

    A entrada de Gabigol no lugar de Firmino, aos 16 minutos da segunda etapa, teve pouco efeito contra o bloqueio nigeriano, com destaque para as defesas do goleiro Uzoho. O nigeriano teve de ser substituído, aos 19 minutos do segundo tempo, após se machucar na defesa de um lance aéreo. Uzoho deixou o campo sob aplausos da torcida.

    Assim como no amistoso jogado contra Senegal, na quinta-feira (10), o público presente no Estádio Nacional não se empolgou e vários setores da arquibancada ficaram vazios.

    BRASIL

    Ederson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro, Arthur (Fabinho), Neymar (Philippe Coutinho); Gabriel Jesus (Paquetá), Roberto Firmino (Gabigol) e Everton (Richarlison). T.: Tite.

    NIGÉRIA

    Uzoho (Okoye); Awaziem, Ajayi, Troost-Ekong e Collins; Ndidi, Aribo e Iwobi (Azeez); Chukwueze, Simon (Dennis) e Osimhen (Onuachu). T.: Gernot Rohr.

    Local: Estádio Nacional, em Kallang (Cingapura)

    Árbitro: Jansen Foo

    Assistentes: Abdul Hannan e Ong Chai Lee

    Público: 20.385

    Cartões amarelos: Thiago Silva (Brasil)

    Gols: Aribo, aos 34 minutos do primeiro tempo; Casemiro, aos 2 minutos do segundo tempo

    ​​​​​​​​Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC.​

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Esportes

    Colunistas