nsc
    nsc

    Investe mais

    Sensacionalismo no mundo dos investimentos: como diferenciar profissionais corretos de fraudes 

    Ganhos irreais e falsas promessas são as principais armadilhas que quem está começando a investir costuma cair 

    07/12/2020 - 20h36 - Atualizada em: 10/12/2020 - 11h03

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Sensacionalismo no mundo dos investimentos: como diferenciar profissionais corretos de fraudes
    (Foto: )

    O mercado financeiro vem atraindo cada vez mais a atenção das pessoas e isso não é de hoje. Conforme dados da Bolsa de Valores, em 2018, o número de pessoas físicas que investiram na bolsa cresceu 31% em relação ao ano anterior. Em 2019, o crescimento foi de 106%, e, até outubro de 2020, o crescimento em relação ao ano de 2019 foi de 87%. Ou seja, nem mesmo a crise ocasionada pela pandemia impediu um crescimento expressivo do número de brasileiros que começaram a investir.

    Segundo o especialista em investimentos da Warren, André Schneider, vários são os fatores que impulsionam o crescimento desse mercado, como a atuação das corretoras de valores, que democratizou e popularizou o mercado de investimentos, e a redução da taxa Selic, que fez as pessoas saírem da zona de conforto e buscarem alternativas mais rentáveis de investimentos.

    — Soma-se nesse contexto, o fato das pessoas cada vez mais terem acesso a receber e transmitir informações na palma da sua mão. O surgimento dos smartphones mudou a forma como as pessoas se comunicam e se informam, impactando muitos mercados, incluindo o financeiro — acrescenta André.

    Mercado financeiro é um prato cheio para os oportunistas

    Porém, com toda essa disseminação de informações e aumento de interesse pelo mercado financeiro, surge também quem queira tirar proveito da situação, querendo ganhar dinheiro vendendo falsas promessas, principalmente para os novos investidores, que não conhecem muito ainda sobre investimentos.

    — A causa é uma só: falta de conhecimento, que é explorada por oportunistas — destaca André.

    Desde os falsos "influencers", passando pelas "fake news" e chegando até os verdadeiros estelionatários, o mercado financeiro pode ser um prato cheio para os oportunistas e sensacionalistas venderem seus produtos e armarem uma verdadeira armadilha para muitos investidores.

    André destaca que apesar de ter muitos influenciadores digitais competentes, existem aqueles que não têm conhecimento necessário para atuar como analista ou consultor de investimentos. Além disso, segundo o especialista em investimentos, existe o conflito de interesse, já que os influenciadores digitais podem ganhar mais de anunciantes conforme o número de interações e curtidas geradas por suas publicações e não têm responsabilidade com relação aos resultados que seus conselhos podem gerar.

    — Quem atua na internet precisa de visualizações. Para isso, começam a surgir diversos “especialistas” em renda variável com propostas sedutoras de alta rentabilidade e baixos ou omitidos riscos. Dificilmente conseguirão entregar os resultados propostos, mas ganharão dinheiro com visualizações no Youtube, venda de cursos ou até a gestão irregular de recursos financeiros, aí mora o perigo — alerta André.

    Como saber se eu estou diante de uma falsa promessa?

    Desconfie de propostas alheias à realidade do mercado. Segundo André, a realidade do mercado é a taxa SELIC, que hoje está em 2% ao ano e não existe garantia de ganhos muito distantes dessa taxa. - Qualquer coisa acima disso eleva o risco que tende a ser proporcional ao aumento da rentabilidade. Em ações, por exemplo, eu posso conseguir facilmente um resultado de 30% em poucos meses, assim como posso perder -, explica.

    Por isso, a dica para quem não quer cair em falsas promessas é avaliar com frieza o que está sendo proposto. Se os ganhos forem irreais é bom desconfiar.

    — É muito simples, sabe aquela expressão: “É muito bom pra ser verdade!”. Geralmente ela funciona. Todo investimento em todo mercado tem riscos, entenda sua relação. Fuja de chamadas sensacionalistas, pesquise a procedência com atenção, veja as credenciais e regulações. Conheça as limitações da tal proposta — sugere André.

    Procure um profissional certificado antes de investir seu dinheiro

    Procurar um profissional de investimentos é sempre uma boa opção para quem está começando investir e não conhece direito ainda o mercado financeiro. Segundo André, todo investimento envolve riscos, mas é possível com o auxílio de profissionais certificados minimizar os riscos e maximizar os ganhos.

    — Não pense em ganhar dinheiro com a oscilação dos preços, pense em ganhar dinheiro com o crescimento de bons negócios. Além de ganhar dinheiro, você está gerando empregos, renda e um ciclo virtuoso na economia. Invista em conhecimento. Busque profissionais certificados, experientes e bem recomendados para lhe auxiliar nesse processo. Escolha instituições reguladas pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), Banco Central, ANBIMA e afins — finaliza André.

    Para encontrar soluções práticas para os seus investimentos, acesse o site da Warren e veja as soluções de que se enquadram ao seu perfil.

    E para saber mais sobre o mercado de investimentos, acompanhe o canal Investe Mais.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Especiais Publicitários

    Colunistas