nsc
    an

    Investigação

    Sequestro de idoso em Joinville tem mais dois suspeitos identificados

    Agostinho Boso foi encontrado em um cativeiro no Paraná após seis dias desaparecido

    04/01/2021 - 13h43 - Atualizada em: 04/01/2021 - 13h52

    Compartilhe

    Hassan
    Por Hassan Farias
    Agostinho Boso trabalha como guincheiro em Joinville
    Agostinho Boso trabalha como guincheiro em Joinville
    (Foto: )

    Mais dois suspeitos de sequestrar um idoso de 65 anos em Joinville foram identificados pela polícia e tiveram a prisão temporária decretada pela Justiça. O caso aconteceu na véspera de Natal, quando Agostinho Boso desapareceu. Ele foi encontrado no último dia 30 em um cativeiro no Paraná.

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

    Segundo o delegado Rafaello Ross, da Divisão de Investigação Criminal (DIC), os dois homens são suspeitos de ter participação no crime e continuam sendo procurados pela polícia. Não foi detalhado o papel de cada um no sequestro.

    O primeiro suspeito já havia sido identificado e foi preso no dia 29 após se envolver em confronto com a polícia. Ele foi baleado e atendido no hospital. O homem responderá por extorsão mediante sequestro e ainda por tentativa de homicídio.

    Os policiais seguem em diligências para encontrar os suspeitos e dar sequência à investigação. As fotos dos homens não foram divulgadas pela polícia devido à lei de abuso de autoridade.

    > Corpo de jovem que desapareceu no mar é encontrado em praia de São Francisco do Sul

    Relembre o caso

    Agostinho havia saído para trabalhar na manhã do dia 24 e não voltou mais para casa. Ele atua como guincheiro e o seu caminhão foi encontrado no bairro Petrópolis. A família de Agostinho havia recebido ligações dos suspeitos para um pedido de resgate. O caso passou a ser tratado pela Polícia Civil como extorsão mediante sequestro.

    No dia 30, o idoso foi resgatado pela polícia em um cativeiro em Guaratuba (PR). A vítima apresentava quadro de desidratação e precisou ser levada para o hospital, antes de ser liberada para reencontrar a família.

    Leia mais

    > Prefeitura de Joinville analisa tarifa do ônibus; reajuste pode ser pela inflação

    > Joinville voltará a analisar aluguel de bicicletas e patinetes

    > Avanço do setor dos serviços em Joinville amplia receita da prefeitura

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Polícia

    Colunistas