nsc

publicidade

Saúde

Setembro Dourado: 1300 escolas particulares de SC se mobilizam na prevenção do câncer infantil

Detecção precoce e a sensibilidade das crianças para o tratamento aumentam a taxa de cura 

12/09/2019 - 16h51 - Atualizada em: 12/09/2019 - 17h25

Compartilhe

Por Redação CBN Diário
Setembro Dourado passa dicas para pais, professores e alunos na detecção do câncer infantil
Setembro Dourado passa dicas para pais, professores e alunos na detecção do câncer infantil
(Foto: )

As “cores” do mês de setembro se misturam no combate aos problemas que se tornam cada vez mais, infelizmente, comuns na população. Além do Setembro Amarelo, em prevenção ao suicídio, o mês também é Dourado em ação para prevenção e detecção precoce de câncer infantil.

Em Santa Catarina, a convite da Associação de Voluntário de Saúde do Hospital Infantil Joana de Gusmão (Avos), 1300 escolas particulares estarão mobilizadas para levar aos pais, professores e alunos dicas para detecção precoce do câncer infantil com o Setembro Dourado.

— Nós fomos procurados por voluntários Avos, que faz um belo trabalho junto ao Hospital Infantil. A campanha veio ao encontro de tudo que a gente prega, que é ensinar, educar e dar informação relevante para o dia a dia dos nossos jovens — comenta o presidente do Sindicato das Escolas Particulares de Santa Catarina (Sinepe), Marcelo Batista de Sousa.

Detectar precocemente um câncer eleva as taxas de sucesso no tratamento e não poderia ser diferente nas crianças.

— O câncer infantil é um câncer de origem embrionária e que ele tem uma taxa de proliferação celular muito rápida. Mas ao mesmo tempo que tem esse crescimento muito rápido nas crianças, elas respondem muito bem a quimioterapia, são muito sensíveis — afirma a médica oncologista Tatiana El-Jaick.

Os principais sinais para detectar um câncer infantil são: cansaço, ínguas pelo corpo, aqueles sintomas que não melhoram, bolas na barriga, dor no osso, dor específicas que não passam, dores de cabeça persistentes, vômitos, perda de equilíbrio.

Deixe seu comentário:

publicidade