nsc
an

publicidade

Saúde

Suspeita de meningite é investigada após morte de bebê em hospital de Jaraguá do Sul 

A Vigilância Epidemiológica realizou a investigação do caso

01/05/2019 - 08h38

Compartilhe

Redação
Por Redação AN

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Diretoria de Vigilância em Saúde, recebeu notificação de suspeita de meningite através da Agência Regional de Saúde na última terça-feira (30). Isso porque uma criança de nove meses, que estava sendo atendida no Hospital e Maternidade Jaraguá, não resistiu ao quadro clínico e morreu.

A Vigilância Epidemiológica realizou a investigação do caso e ainda aguarda resultados de exames para confirmação diagnóstica. No entanto, as medidas de prevenção já estão sendo tomadas.

Saiba mais sobre a meningite

A meningite é uma inflamação das membranas que revestem o encéfalo e a medula espinhal, conhecida coletivamente como meninges. A inflamação pode ser causada por infecções por vírus, bactérias ou outros micro-organismos e, menos comumente, por certas drogas. A meningite pode pôr em risco a vida do paciente e por isso essa condição é classificada como uma emergência médica.

Os sintomas mais comuns de meningite são:

- dor de cabeça e rigidez de nuca associados à febre,

- confusão mental,

- alteração do nível de consciência,

- vômitos e a intolerância à luz (fotofobia) ou a sons altos (fonofobia).

- Algumas vezes, especialmente em crianças pequenas, somente sintomas inespecíficos podem estar presentes, como irritabilidade e sonolência.

Por ser uma doença grave, quando alguém apresentar algum sintoma de meningite, deve procurar imediatamente um profissional médico para realizar o diagnóstico em tempo oportuno e iniciar o tratamento. Em geral, a transmissão é de pessoa para pessoa, através das vias respiratórias, por gotículas e secreções da nasofaringe. É importante ressaltar que a meningite pode atingir pessoas de qualquer idade, sendo mais comum as meningites virais em crianças e meningites bacterianas em adultos.

A prevenção pode ser realizada através da vacinação (para alguns tipos de meningites) que é disponibilizada no calendário vacinal da rede pública para todas as crianças menores de dois anos e adolescentes. Outras medidas de proteção são: evitar ambientes fechados e com grande aglomerado de pessoas, manter ambientes arejados, lavar as mãos com frequência com água e sabão.

Deixe seu comentário:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade