Três pessoas, uma mulher e dois homens, foram mortos na madrugada desta sexta-feira (22) em Itapema. O suspeito dos homicídios foi preso após testemunhas relatarem à Polícia Militar que o homem confessou os crimes, e que os ameaçou caso contassem a história a alguém. Os corpos foram encontradas em uma propriedade em Ilhota, próximo à Polícia Rodoviária Federal.

Continua depois da publicidade

Segundo o comandante da PM, tenente coronel Alexandre Coelho Viera, as vítimas eram moradores de rua e foram mortas com golpes de barra de ferro. Quem acionou a PM foi o antigo empregador de uma das vítimas, que foi chamado por um conhecido ao local do crime. Ele reconheceu o ex-funcionário e chamou a polícia.

Testemunhas disseram que o suposto autor do crime estaria nas redondezas. Ele foi encontrado pela PM com marcas de sangue na roupa, no rosto e nas mãos, mas negou o crime. Outras testemunhas disseram que o homem chegou por volta das 4h30min, embriagado, e que contou a eles sobre as mortes.

O suspeito também tentou manter relações sexuais com uma das testemunhas, que se negou. Ele foi ameaçado com uma chave de fenda, assim como outras pessoas que estavam no local. O suspeito foi preso, e o celular, a chave de fenda e um litro de cachaça encontrados na cena do crime foram apreendidos.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total