nsc
santa

Investigação

Suspeitos de assaltos a cooperativas de crédito de SC são presos no Vale

Trio participou de roubos em Blumenau, Gaspar e Santa Cecília, afirma Polícia Civil

11/03/2021 - 11h15 - Atualizada em: 11/03/2021 - 12h22

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Prisões temporárias ocorreram na manhã desta quinta-feira
Prisões temporárias ocorreram na manhã desta quinta-feira
(Foto: )

Uma força-tarefa resultou na prisão de três suspeitos de roubo a cooperativas de crédito em Santa Catarina. A operação ocorreu em Blumenau e região, no Vale do Itajaí, na manhã desta quinta-feira (11). Além das detenções, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão.

Liderado pelo delegado Rodrigo Raitez de Blumenau, o monitoramento dos suspeitos durou cerca de dois meses. Conforme a investigação, eles têm relação com uma série de assaltos a instituições financeiras na região. Um deles ocorrido na cidade, no bairro Itoupava Central, no final de janeiro.

À época, os criminosos entraram na agência da cooperativa e após disparos contra a porta giratória e ameaças às testemunhas, levaram R$ 80 mil. A Polícia Civil trocou informações com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e descobriu que o grupo também teria roubado uma cooperativa de Gaspar cerca de três semanas antes do crime em Blumenau.

Um mês depois, o assalto à cooperativa em Santa Cecília também é apontado como ação dos mesmos bandidos.

As prisões

Com o auxílio da PRF, policiais civis da região e peritos do IGP, a Polícia Civil de Blumenau identificou três pessoas. Objetos foram apreendidos em casas de Blumenau, Massaranduba, Gaspar, Penha e Itajaí.

Um homem de 35 anos foi preso temporariamente em Gaspar. Ele estava foragido do Rio Grande do Sul e tem outras passagens policiais por roubo. O outro, um homem de 59 anos, também é conhecido por participações em assaltos. Eles estava preso desde 2003, mas deixou a unidade ano passado devido à pandemia do coronavírus e estava em Itajaí.

Na residência de Blumenau, no bairro Itoupava Central, havia duas espingardas, um simulacro de fuzil, munição, coletes balísticos, roupas militares e outros materiais. O dono do imóvel foi preso em flagrante por posse irregular de arma e munição de calibre permitido.

Raitez desconfia que o grupo planejava outro assalto. Todos foram encaminhados à delegacia.

Correção

Até as 13h13min desta quinta-feira (11) o texto informava, equivocadamente, que as prisões haviam ocorrido em Blumenau. Elas aconteceram na cidade, mas também em Gaspar e Itajaí.

Colunistas