nsc
    hora_de_sc

    Retratos da Fama

    Suspense, mistério e grandes atuações marcam estreia de "Se Eu Fechar os Olhos Agora"

    Minissérie atiçou a curiosidade do público com crime no primeiro episódio

    17/04/2019 - 04h45

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação Hora
    Minissérie com Antônio Fagundes, Xande Valois e João Gabriel D'Aleluia
    Minissérie com Antônio Fagundes, Xande Valois e João Gabriel D'Aleluia
    (Foto: )

    * Por Michele Vaz Pradella

    Nem tudo é o que parece na até então pacata cidade de São Miguel. O primeiro capítulo da minissérie Se Eu Fechar os Olhos Agora deixou bem claro que, entre os poderosos da região, a moralidade é só uma fachada para muitos segredos.

    Tudo começa com o assassinato de Anita (Thainá Duarte), esposa do dentista da cidade. A bela e cobiçada jovem é encontrada morta pelos meninos Paulo (João Gabriel D'Aleluia) e Eduardo (Xande Valois), que em um primeiro momento, são acusados do crime.

    Enquanto isso, pessoas ilustres da cidade demonstram ter muita sujeira oculta debaixo do tapete. O prefeito Adriano Marques Torres, em atuação impecável de Murilo Benício, se orgulha de ter duas filhas "belas, recatadas e do lar". Aqui, a trama que se passa nos anos 1960 conversa com a realidade e relembra acontecimentos recentes do nosso país. Débora Falabella, como a primeira-dama Isabel, guarda mágoas que só serão reveladas mais adiante.

    Thainá Duarte é Anita
    Thainá Duarte é Anita
    (Foto: )

    Deslumbrante, Mariana Ximenes interpreta Adalgisa, uma mulher que parece um mar agitado, mas no fundo não passa de um rio denso e repleto de limo, carente e frágil do afeto do marido, Geraldo Bastos (Gabriel Braga Nunes).

    Em meio a atores veteranos e maduros, dois jovens talentos se sobressaem. João Gabriel D'Aleluia e Xande Valois passam segurança e carisma, prontíssimos para os papéis de peso que desempenham na série. Afinal, é graças a eles que a investigação do crime começa a se desenrolar. Com pouco tempo em cena, Thainá Duarte marcou sua forte presença e brilhou. Ela ainda deve aparecer em flashbacks, surpreendendo com a carga dramática de sua personagem.

    Promissora e instigante, Se Eu Fechar os Olhos Agora tem a assinatura de Ricardo Linhares, que se encarregou de dar a carga dramatúrgica necessária à obra de Edney Silvestre, livro que, aliás, venceu vários prêmios literários e merecia uma adaptação à altura.

    Colunistas