nsc
    hora_de_sc

    Natureza

    Tartaruga-verde é solta no mar em Florianópolis sob o olhar de visitantes do Projeto Tamar

    Réptil foi apanhado em rede de pesca de tainha, na Prainha da Barra da Lagoa

    20/06/2019 - 20h57 - Atualizada em: 20/06/2019 - 21h17

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação Hora
    Projeto Tamar tem parceria com pescadores, que levam os animais até os pesquisadores, caso alguma seja apanhada
    Projeto Tamar tem parceria com pescadores, que levam os animais até os pesquisadores, caso algum seja apanhado
    (Foto: )

    Técnicos do Projeto Tamar realizaram nesta quinta-feira (20) a soltura de uma tartaruga-verde. O réptil tinha sido retirado do mar em uma rede usada para pescar tainhas na Prainha da Barra da Lagoa, em Florianópolis. A soltura ocorreu sob o olhar de visitantes do projeto e moradores do bairro.

    Neste ano, 10 tartarugas já foram capturadas da mesma forma. O Projeto Tamar tem uma parceria com os pescadores da região. Quando alguma é apanhada, eles levam o animal imediatamente aos pesquisadores. Na sede do Tamar, que fica na Barra da Lagoa, os técnicos oferecem tratamento médico, se necessário, e alimentação, até que as tartarugas se recuperem e possam ser devolvidas ao mar.

    De acordo com o diretor técnico do Tamar, Daniel Rogério, as tartarugas-verdes são comuns no litoral de Santa Catarina. Os répteis são migratórios, mas podem parar por mais tempo nessa região, quando encontram comida suficiente para se abastecer e prosseguir a viagem pelo mar.

    Ele conta que a tartaruga retirada do mar nesta quinta-feira foi capturada por engano há cerca de duas semanas. Uma outra com histórico idêntico também deverá ser solta no sábado (22), às 15h. Quem quiser acompanhar, pode ir até o Projeto Tamar, que fica na Rua Professor Ademir Francisco.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas