nsc
dc

Brasileirão

Técnico da Chapecoense quer evolução em bola parada ofensiva

Treinador disse que o time fez um jogo equilibrado contra o Corinthians mas ficou insatisfeito com resultado

02/05/2019 - 04h40

Compartilhe

Darci
Por Darci Debona
Chapecoense perdeu por 1 a 0 para o Corinthians,em São Paulo
Apesar de várias finalizações a Chapecoense não conseguiu levar grande perigo ao time do Corinthians
(Foto: )

Após sofrer mais uma derrota para o Corinthians em São Paulo, a segunda em oito dias, o técnico Ney Franco disse que a equipe já melhorou na bola parada defensiva, mas tem que evoluir na parte ofensiva. A ideia do treinador é aproveitar a boa estatura dos zagueiros Gum e Douglas.

Mesmo com o resultado negativo, ele considera que o time melhorou em relação à derrota da semana passada, quando foi eliminado na Copa do Brasil pelo mesmo Corinthians, por 2 a 0. Nesta quarta-feira levou 1 a 0.

— Tivemos um jogo muito equilibrado, saímos para o primeiro jogo fora e embora não tenhamos pontuado a equipe deu sinais de que vai sim buscar pontos fora e não somente em casa. Tivemos um jogo difícil, com um primeiro tempo travado e o segundo tempo mais aberto, em que o Corinthians veio para cima e fizeram o gol numa jogada característica deles — afirma o treinador.

Ney Franco destacou que a Chapecoense teve oito finalizações contra o Timão, mas que de uma forma geral os setores defensivos levaram vantagem sobre os ataques.

— Estou insatisfeito com o resultado, mas pelo que o time mostrou em campo temos um caminho para jogar fora. Tomara que tenhamos mais competência no segundo jogo fora. Mas antes temos que pensar no Athletico em casa para depois pensar em buscar pontos fora — projeta.

O problema é que o segundo jogo fora é contra o Flamengo, uma das equipes mais fortes do Brasil. Ney Franco não considera que o Verdão esteja sofrendo na parte física. Entende que o time terminou a partida em boas condições, pois estava atacando os adversários.

Entretanto, o meia Régis confirmou na saída de campo que a sequência de jogos vai acumulando certo cansaço. Ney Franco disse que um novo fisiologista está sendo contratado para aprimorar o trabalho.

O técnico elogiou Régis, que veio da base e mostrou bom potencial. Explicou que escalou Alan Ruschel contra o Corinthians para marcar as subidas do lateral Fagner, função que também havia feito diante do Inter.

Ainda escolheu Tharlis para ter um volante de ofício na partida fora de casa, contra um adversário que, além de vencer o Paulistão, está entre os favoritos ao título no Brasileirão e também na Copa do Brasil.

Nesta quinta-feira o time deve fazer um trabalho regenerativo no Centro de Treinamento do Corinthians, pela manhã, e, à tarde, retorna a Chapecó, com chegada prevista para as 18h.

A expectativa é de que o novo reforço do clube, Arthur Gomes, 20 anos, que vem do Santos, acompanhe a delegação no retorno ao Oeste catarinense.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Esportes

Colunistas