nsc

publicidade

Waze apresenta

Tendência de compartilhar veículos ajuda a economizar e diminui o trânsito nas cidades 

Waze Carpool permite dividir gastos, reduzir a quantidade de veículos nas ruas e contribuir para a preservação do meio ambiente 

10/10/2019 - 11h13

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
(Foto: )

Você sabe o que é economia do compartilhamento? A ideia tem como princípio o compartilhamento de recursos, sejam eles humanos, físicos ou mesmo intelectuais. Atualmente, exemplos de economia compartilhada surgem como solução para diminuir o uso de recursos e o desperdício excessivo em diversas esferas da sociedade.

Por meio da internet, nas plataformas digitais, a ideia do compartilhamento ganha cada vez mais adeptos e, mais do que apresentar novas formas de dividir algo, também facilita a promoção de atitudes não tão novas assim. Exemplo disso é o simples gesto de oferecer uma carona.

Aplicativos como o Waze Carpool, por exemplo, conectam motoristas e passageiros que possuem rotas e horários semelhantes. Desse modo, todos chegam aos seus destinos dividindo os gastos da viagem, como combustível e estacionamento. Os usuários do serviço ainda diminuem a quantidade de automóveis no trânsito e contribuem para a preservação do meio ambiente.

Renata Cavion, especialista em infraestrutura de mobilidade urbana, acredita que as tecnologias voltadas para a mobilidade tendem a tornar os deslocamentos mais rápidos, mais eficientes e mais confortáveis aos usuários.

– Essas ferramentas possuem um grande potencial que está sendo desenvolvido tanto para os deslocamentos individuais, quanto para os deslocamentos coletivos. As novas tecnologias devem provocar uma maior competição entre os diferentes modos, podendo trazer melhorias significativas para as cidades – afirma Cavion.

Substitua “possuir” por “usufruir”

Uma pesquisa realizada pelo SPC Brasil e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) indica que os brasileiros estão cada vez mais inclinados a aproveitar um produto ou serviço de modo compartilhado, sem precisar adquiri-lo. Poupar tempo, ajudar pessoas, conhecer gente nova e viver de forma mais sustentável estão entre as principais justificativas para optar pelo compartilhamento.

De acordo com o estudo, 88% dos entrevistados acreditam que é possível fazer economia financeira compartilhando recursos. Entre as modalidades mais lembradas está o aluguel de casas, apartamentos ou quartos, seguido pelas caronas para locais como o trabalho, faculdade ou mesmo viagens longas – modalidade que também é a mais utilizada.

Dos participantes da pesquisa, 41% afirmaram conhecer e já ter utilizado algum tipo de carona. Ao mesmo tempo, o levantamento revela que, sob os aspectos da economia de dinheiro, comodidade e facilidade, as caronas são a categoria com melhor avaliação.

Waze Carpool conecta motoristas e passageiros que querem economizar e contribuir para o meio ambiente

Na onda da economia do compartilhamento, uma solução para quem busca economizar no transporte é o aplicativo Waze Carpool. O serviço aproxima pessoas que têm rotas e horários parecidos nos trajetos de casa para o trabalho ou para a faculdade, por exemplo. Desse modo, além de economizar ao dividir os gastos do deslocamento, os usuários têm companhia para compartilhar a viagem sem abrir mão do conforto de estar em um carro.

Usuário do aplicativo em Joinville, Daniel Deud, de 28 anos, destaca a economia como um dos principais pontos positivos no aplicativo. Mas os ganhos não param por aí:

– Além da economia com o combustível, existem outros ganhos, como a companhia de outras pessoas. Por muitas vezes, eu dirigiria sozinho para algum lugar e, agora, faço novas amizades, construo novos laços e conheço pessoas – enfatiza Deud.

Os proveitos não são apenas para o bolso dos usuários do Waze Carpool. A cidade e o meio ambiente também são beneficiados. De acordo com pesquisa realizada pelo Waze, 60% das pessoas que vão de carro para o trabalho ou para a faculdade dirigem sozinhas. Então, cada carona oferecida significa um carro a menos na rua, o que contribui diretamente para que o trânsito flua melhor, assim como a mobilidade urbana da cidade.

– O grande problema da mobilidade individual motorizada é a eficiência. Um carro nem sempre leva mais do que uma pessoa. Se conseguirmos pelo menos aumentar o número de pessoas nos carros, já estaremos aumentando a eficiência deste modal – destaca Rafael Bendo, diretor executivo da Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura de Joinville (Sepud).

O meio ambiente também sai ganhando com os aplicativos de caronas. Com a diminuição do número de carros em circulação pelas ruas, diminui também a emissão de carbono dos automóveis.

Segundo Douglas Tokuno, Head de Waze Carpool para a América Latina, o aplicativo por si só não é capaz de mudar a mobilidade de uma cidade. Para isso, é necessário que as pessoas entendam que, ao compartilhar um deslocamento que antes era realizado sozinho, elas estão mudando o ecossistema de mobilidade e, assim, todos saem ganhando.

– A comunidade do Waze Carpool é fortíssima e não para de crescer. Nós conectamos mais do que rotas, conectamos pessoas e, a partir dessa conexão, grandes coisas podem acontecer: amizades, oportunidades profissionais, grupos de corrida e muito mais. Esse é o futuro - um pelo outro e todos por um mundo melhor – destaca Tokuno.

#SegueTodaVidaJunto – Joinville de carona com o Waze Carpool

Com uma espécie de game entre os bairros de Joinville, o Waze Carpool lançou, na última semana, a campanha “Segue toda vida junto”. Os usuários poderão acessar um grupo de caronas dentro do próprio bairro por meio do site da iniciativa. Um ranking dos bairros será atualizado de acordo com o número de caronas e, ao final da promoção, em 14 de novembro, a vizinhança que somar mais pontos ganhará um prêmio especial.

A cada carona que pegar ou oferecer no Waze Carpool, os participantes da promoção acumulam pontos no app na semana, que poderão ser trocados por diversos brindes. Toda segunda-feira, os usuários recebem uma notificação ou e-mail com um código. Para validá-lo e escolher o brinde, é só clicar no botão “Quero trocar meus pontos”. Depois é só ir ao local indicado no voucher (Toca do Fritz no Shopping Mueller ou estabelecimentos parceiros) e receber o prêmio.

Para pontuar e subir posições, basta que o usuário faça parte do grupo do seu bairro e comece a oferecer ou receber caronas. A localidade receberá sempre a mesma quantidade de pontos que o usuário e será atualizada no ranking disponível no site da iniciativa do Waze Carpool.

Durante o período da campanha, todas as caronas terão custo fixo de apenas R$ 1 para os passageiros, enquanto os motoristas recebem o valor integral da carona, de acordo com a distância. Para até 5 quilômetros, o valor é de R$ 4. Para corridas de até 35 quilômetros, o valor é de R$ 10. Para viagens mais longas, o valor chega, no máximo, a R$ 25.

Para participar da promoção, baixe o Waze (para quem quer dar carona) e o Waze Carpool (para quem quer pegar carona) no iOS ou no Android.

Deixe seu comentário:

publicidade