Porto Belo ficou movimentada na manhã desta terça-feira (7) com a chegada do primeiro transatlântico da temporada de cruzeiros de Santa Catarina, considerada a maior da história pelo governo do Estado. O MSC Preziosa desembarcou mais de 4 mil pessoas, que puderam aproveitar o dia de sol na cidade.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

O navio saiu de Santos/SP com 1.300 tripulantes e 4 mil passageiros a bordo. Este foi o primeiro dos 22 cruzeiros esperados pela cidade. Em todo o litoral catarinense serão 124 escalas até abril de 2024. A maioria delas ocorrerá em Balneário Camboriú.

Balneário Camboriú, Porto Belo e Itajaí são os únicos municípios catarinenses que recebem cruzeiros. Florianópolis, Penha e Piçarras também estudam e negociam a possibilidade, mas ainda sem novidades. Balneário Camboriú terá o maior número de visitantes. Cerca de 150 mil pessoas devem passar pela cidade em 60 viagens diferentes. Itajaí surge na sequência com 42 escalas (110 mil pessoas) e Porto Belo com 76 mil.

Veja fotos de Porto Belo nesta terça

Continua depois da publicidade

Só em Itajaí, a movimentação que começa em dezembro deve gerar mais de R$ 48 milhões nesta temporada, estima a prefeitura. Essa será a maior temporada de cruzeiros de Santa Catarina, segundo levantamento da Secretaria de Estado do Turismo. Exceto Porto Belo, as cidades vão bater recordes em número de navios recebidos.

Porto Belo, então, abriu a temporada nesta manhã. Uma das turistas era Mariana Oliveira, de Guarujá/SP. A mulher está em Santa Catarina pela primeira vez e veio em uma turma de 20 pessoas. Segundo ela, foi amor à primeira vista:

— Que lugar mais bonito! Nos encantamos de primeira, queremos conhecer as praias — contou.

Porto Belo planeja novidades importantes para as próximas temporadas. Uma parceria público-privada pretende tirar do papel o projeto do porto de nacionalização de cruzeiros, o que pode tornar a cidade uma nova porta de entrada e saída para viagens internacionais.

O alfandegamento prevê a nacionalização de navios, tripulantes e passageiros, com a presença da Polícia Federal e da Receita Federal. Hoje, Itajaí é a única parada de transatlânticos com essa estrutura, por se tratar de um porto comercial.

Continua depois da publicidade

Segundo a presidente da Fundação de Turismo de Porto Belo, Zene Drodowski, em janeiro haverá duas escalas testes para o avanço das tratativas.

Com informações de Morgana Fernandes e Patrícia Silveira, da NSC TV.

Leia mais

Balneário Camboriú terá primeiro porto de cruzeiros com hotel seis estrelas no Brasil

Destaques do NSC Total