publicidade

Cotidiano
Navegue por

Em Blumenau

Trânsito é liberado na BR-470, em Blumenau, onde houve rompimento da tubulação de gás

Técnicos da SCGás agora trabalham para tentar consertar o duto que fica às margens da rodovia federal

04/12/2018 - 14h29 - Atualizada em: 04/12/2018 - 14h50

Compartilhe

Redação
Por Redação Santa
(Foto: )

O trânsito no trecho em que houve o rompimento de uma tubulação de gás na BR-470 foi liberado por volta das 14h desta terça-feira. A informação é do coordenador da base operacional da região de Blumenau da SC-Gás, Marcelo Corga.

Após analisar o local do incidente, ele confirma que o duto de gás próximo à antiga sede da empresa Segala's foi atingido por uma máquina da empreiteira que trabalha na duplicação. Com isso, um buraco se formou na tubulação. Agora, a empresa pretende cortar esse trecho e substituí-lo.

No momento, os profissionais fazem as últimas análises e aguardam por equipamentos para iniciar os reparos. O conserto vai poder ser feito com o fluxo de veículos normal na rodovia já que o duto fica a aproximadamente 15 metros da pista.

O coordenador afirma que a previsão inicial é tentar consertar o duto em até 24h, mas ele revela um esforço coletivo para tentar solucionar o problema ainda nesta terça-feira. Corga afirma que não é a primeira vez que um duto é atingido por máquinas de escavação, mas que a empresa costuma oferecer estrutura para evitar esse tipo de incidente.

– Disponibilizamos desenhos de onde ficam os dutos, temos canais 24h, fazemos acompanhamento de obra, tudo para que não haja nenhum tipo de risco. Nesse caso de hoje, infelizmente, não fomos chamados para esse acompanhamento – aponta o coordenador.

Trânsito ficou congestionado na rodovia federal

O congestionamento trouxe dor de cabeça para quem precisou passar pela BR-470. O trânsito foi interrompido próximo ao trevo da Mafisa já por volta das 10h40min para que os trabalhos de conserto da tubulação pudessem começar.

O caminhoneiro Edimar Domingues, por exemplo, saiu de Blumenau às 11h30min pra levar uma carga de ferro para a cidade Balneário Camboriú. Ele teve que parar o veículo no acostamento da BR-470 devido ao rompimento da tubulação de gás.

– Até tentei ate ir pela Rua 1º de Janeiro, mas tive que voltar. A carreta é muito grande e ia acabar enroscando nos fios – conta.

Ele ficou três horas parado no local e foi orientado pelo proprietário da empresa para aguardar. Agora, às 14h30min, pôde retomar a viagem

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação