nsc

Trânsito

Trecho sem calçada da Rodovia Admar Gonzaga dificulta trânsito de pedestres em Florianópolis

Prefeitura fez revitalização de R$ 4,6 milhões e diz que calçada é dever do Estado

05/01/2021 - 11h25 - Atualizada em: 06/01/2021 - 11h07

Compartilhe

Juliana
Por Juliana Gomes
Lateral da Admar Gonzaga não tem calçada ou pavimento
Lateral da Admar Gonzaga não tem calçada ou pavimento
(Foto: )

Os moradores do Itacorubi, em Florianópolis, estão com dificuldade para caminhar na lateral da Rodovia Admar Gonzaga, a SC-404, no trecho que vai da lateral do Crea até o supermercado do bairro, no sentido Centro. Sem calçada ou um acostamento pavimentado, o chão batido dificulta o trânsito de pedestres, principalmente nos dias de chuva.

- Eu tô sempre caminhando, às vezes, aqui tá cheio de lama e a gente tem que se arriscar indo para a pista, é um perigo tremendo. Além disso, deixaram um monte de madeira aí exposta, podendo machucar as pessoas -afirmou o morador Roberto da Silva. 

A estratégia para Florianópolis gerar mais empregos “Mesmo convivendo com a doença, se pode fazer muito em Florianópolis”, diz prefeito

A Rodovia Admar Gonzaga passou por uma revitalização recente, concluída em abril do ano passado, com a construção até de uma terceira faixa, no trecho que vai da Apae até o cemitério.

A obra foi realizada pela prefeitura da capital e comprendeu também o alargamento de uma pequena ponte que atravessa horizontalmente a rodovia ao lado da Celesc, num investimento total de R$ 4,6 milhões, segundo a administração. 

A prefeitura informou que a calçada não fazia parte do projeto e que, após a conclusão da obra, entregou a rodovia ao governo do Estado, oficialmente responsável pela rodovia. 

- Sem calçada, a gente tem que ir pro mato, os carros passam "agarrados" na gente - lamentou a moradora Iraci Pinheiro. 

O governo do Estado afirmou que a calçada será concluída em um plano cicloviário que demandará R$ 50 milhões até 2022.

Leia também:

Obras interditam pista da Rodovia Admar Gonzaga, no Itacorubi

Colunistas