O sinal de alerta para o desempenho da Seleção Brasileira nas Eliminatórias Sul Americanas da Copa do Mundo 2026 está aceso. Depois do empate com a Venezuela por 1 a 1, na quinta-feira (12), jogando em casa, na Arena Pantanal em Mato Grosso, o Brasil perdeu a liderança das Eliminatórias e agora está em 2º lugar na tabela, atrás da Argentina.

Continua depois da publicidade

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

“A decisão é do Avaí”, diz presidente do Figueirense sobre preço dos ingressos

Ingressos para Brusque x Amazonas custarão até R$ 250; clube explica aumento

Peru x Argentina nas Eliminatórias da Copa do Mundo: horário e onde assistir

Continua depois da publicidade

Desde o dia 18 de agosto, quando o técnico Fernando Diniz fez sua primeira convocação, a Seleção ainda não garantiu uma regularidade nas partidas e isso se reflete nos resultados obtidos. A primeira polêmica veio logo no dia da convocação, com Lucas Paquetá sendo cortado de última hora e ficando fora da lista em função da investigação por um suposto envolvimento em apostas esportivas.

Logo depois, mais uma polêmica. O atacante Antony, do Manchester United, foi cortado no dia 4 de setembro dos jogos, por acusação de agressões à ex-namorada. Na estreia do Brasil contra a Bolívia, a equipe empolgou. Jogando no Mangueirão, em Belém do Pará, o time de Fernando Diniz goleou o adversário por 5 a 1.

Neste jogo, Neymar também conquistou um novo título, depois de marcar dois gols na partida, virou o maior artilheiro de todos os tempos da Seleção Brasileira, com 79 gols. No jogo contra o Peru, a seleção brasileira mostrou um desempenho aquém do esperado e um pouco mais de dificuldade para vencer. Com Bento e Vini Jr machucados, o Brasil fez um jogo morno contra o Peru, teve gols anulados e terminou com uma vitória pelo placar mínimo, 1 a 0.

Antes de enfrentar a Venezuela, Fernando Diniz teve que lidar com as baixas de Vanderson, Renan Lodi, Caio Henrique e Raphinha, todos machucados. Os convocados para o lugar dos jogadores foram Yan Couto, Carlos Augusto, Guilherme Arana e David Neres.

Continua depois da publicidade

Fora de campo, a polêmica ficou por conta da CBF sendo autuada pelo Procon de Cuiabá e precisando se explicar sobre meias-entradas e a forma de precificação dos ingressos da partida do dia 12 de outubro.

A pior atuação da Seleção nas Eliminatórias aconteceu nesta partida. No jogo contra a Venezuela, o Brasil empatou em 1 a 1 e ainda sofreu um gol de bicicleta, de Bello, no fim do jogo. O confronto ainda contou com confusão e empurra-empurra entre os jogadores das duas seleções.

Mais dois momentos marcaram este jogo. O primeiro foi a vaia da torcida no momento em que a renda da partida foi anunciada: mais de R$ 12 milhões ao todo, com 40 mil presentes. O outro foi quando Neymar, ao sair do gramado, foi atingido por um saco de pipocas, jogado por um torcedor.

Com isso, o Brasil perdeu a liderança das Eliminatórias para a Argentina. Para o jogo contra o Uruguai, além de Danilo, cortado por lesão, Guilherme Arana e Richarlison também não devem jogar. No lugar deles, entraram Yan Couto, Carlos Augusto e Gabriel Jesus.

Continua depois da publicidade

Brasil e Uruguai jogam nesta terça-feira (17), pela quarta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2026. A partida começa às 21h no Estádio Centenário, em Montevidéu. A competição dá seis vagas diretas ao Mundial que será disputado no México, Canadá e Estados Unidos.

Assista também:

*Pablo Brito é estagiário sob a supervisão de Diogo Maçaneiro

FOTOS: Conheça os cinco novos esportes das Olímpiadas de 2028

Equipe de Florianópolis conquista o 8º título do Campeonato Brasileiro Feminino de Hóquei sobre grama

Apresentado no Flamengo, Tite revela motivo de voltar a trabalhar em 2023

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total