nsc
nsc

Educação com propósito

Universo corporativo requer cada vez mais profissionais com competências socioemocionais 

Estudantes de Administração precisam estar preparados para o mundo do trabalho que exige empatia, criatividade, autocontrole e responsabilidade

09/10/2020 - 09h57 - Atualizada em: 31/03/2021 - 10h31

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
educação com propósito
(Foto: )

O universo corporativo exige que os administradores estejam atualizados, detenham informação e técnicas de qualidade para o sucesso dos negócios e lidem com as diversas formas de cobranças no seu cotidiano. Por isso, exige-se cada vez mais equilíbrio e domínio das capacidades socioemocionais dos profissionais da área de Administração. Percebendo essa necessidade, as instituições de ensino devem se preocupar em desenvolver essas competências nos estudantes e prepará-los efetivamente para as mudanças no mundo do trabalho.

>> Conheça as principais competências que o mundo do trabalho demanda dos engenheiros civis

Buscando desenvolver suas competências socioemocionais através da prática profissional, Rubia Maria Ferreira Alves, estudante do 8° período do curso de Administração da UniSociesc de Balneário Camboriú, começou a estagiar quando estava no segundo semestre da graduação.

- A teoria não prevê as situações que nos tiram da nossa zona de conforto ou as circunstâncias impossíveis de planejar e que necessitam de uma resolução rápida. É preciso sempre um equilíbrio entre o conhecimento técnico e as emoções. Com as habilidades socioemocionais, nos tornamos adaptáveis às mudanças do cotidiano e aptos para decisões mais assertivas -, acrescenta a estudante.

Atualmente, Rúbia trabalha como auxiliar financeira e conta que, diariamente, exercita as competências necessárias para lidar com as mais diversas situações cotidianas.

- Minha função exige trabalho em equipe todos os dias. Eu saio da minha zona de conforto quando tenho que fazer alguma apresentação para o setor inteiro, por exemplo. É preciso também iniciativa, pois sempre temos algo novo para aprender, além de paciência e persistência para resolver impasses do dia a dia -, destaca.

Competências socioemocionais são fundamentais para uma sociedade melhor

Essas habilidades nos permitem gerenciar as nossas emoções de forma acertada de acordo com as diversas situações às quais somos expostos no nosso cotidiano. Isso não inclui somente o ambiente do trabalho, mas todos os aspectos da nossa vida. Dessa forma, ao promover o desenvolvimento dessas habilidades nos estudantes, as instituições de ensino estão contribuindo para uma sociedade melhor e mais equilibrada.

- Entendo que os estudantes devam dar uma chance a si mesmos para o desenvolvimento das competências socioemocionais como empatia, criatividade, autocontrole, ética e responsabilidade. A busca por literaturas sérias, por cursos, é uma forma do estudante se preparar. A instituição de ensino também deve ter sua preocupação na preparação do acadêmico como um ser integral, olhando-o como um ser humano que necessita de conhecimentos técnicos e emocionais - explica a coordenadora da área de gestão da UniSociesc Joinville, Kátia Cristina Reimer.

Papel das instituições de ensino no desenvolvimento das capacidades socioemocionais

As instituições de ensino devem atuar de forma a desenvolver as capacidades socioemocionais dos estudantes, já que essa é uma exigência do mundo do trabalho atual. Segundo o coordenador regional sul da área de Gestão de Negócios da UniSociesc, Diego Passoni, com a concorrência e a competitividade que existe no mercado, é preciso mais do competências técnicas, as chamadas hard skills, para que um profissional se destaque.

- Em um ambiente com pressão cada vez maior é fundamental que os acadêmicos tenham um forte desenvolvimento de soft skills e isso a gente trabalha fortemente dentro do currículo da UniSociesc. Para que os alunos saibam lidar com essas questões, é fundamental que eles tenham empatia, que saibam trabalhar em equipe e é muito importante que tenham inteligência emocional. Hoje, são essas softs skills que diferenciam aqueles profissionais que são elevados para um próximo nível -, acrescenta Diego.

A metodologia de ensino adotada pela UniSociesc promove essa busca por proporcionar autoconhecimento aos estudantes e encaminhá-los para as oportunidades profissionais que mais se adequam aos seus propósitos de vida.

Segundo a estudante Rubia, a atuação da instituição de ensino foi fundamental para o seu desenvolvimento não só como profissional, mas também como ser humano.

- A UniSociesc possui didáticas de trabalho em grupo, em que analisamos casos reais e precisamos refletir e desenvolver um pensamento crítico para nos posicionar. A instituição promove também eventos gerenciados pelos estudantes, que nos fazem lidar com a imprevisibilidade e, com isso, nos ajuda a desenvolver paciência, empatia e a sair da zona de conforto. Percebo uma grande diferença entre a Rubia do início da faculdade e a Rubia atual -, conta.

Mundo do trabalho demanda por estudantes proativos e que saibam trabalhar em equipe

O mundo do trabalho busca por profissionais com competências socioemocionais e os estudantes da UniSociesc saem na frente nesse aspecto. O Escritório Martinelli Advogados é parceiro da instituição de ensino há 5 anos e, atualmente, conta um estagiário da área de Administração. Segundo a psicóloga Elaine Cristina Zuchi, através dessa iniciativa, eles conseguem selecionar candidatos que tenham uma formação alinhada aos objetivos da empresa e contribuem ainda para o crescimento profissional dos estudantes.

- As experiências que tivemos até o momento foram positivas. Notamos que a UniSociesc estimula os seus alunos e volta a sua formação para o mundo do trabalho -, destaca.

Dessa forma, as vivências dentro do cenário ocupacional proporcionam aos estagiários o desenvolvimento das habilidades que são demandadas atualmente.

- Nosso escritório preconiza em um estagiário características comportamentais, pois entendemos que o estágio é um momento de aprendizado e construção de conhecimentos técnicos e práticos. Nessa linha, buscamos candidatos que demonstrem atitudes de um futuro profissional de sucesso, tais como resiliência, proatividade, trabalho em equipe, responsabilidade, empenho e respeito -, finaliza Elaine.

Promover o desenvolvimento das competências socioemocionais dos estudantes da área de Administração é um dos diferencias da UniSociesc.

Saiba mais sobre as ações da universidade acompanhando o canal Educação com Propósito.

Colunistas