nsc
    nsc

    Brognoli 

    Valorização dos imóveis residenciais em Florianópolis é destaque nacional

    Segundo o Índice FipeZap, a capital catarinense acumula 5,82% de aumento no preço médio dos imóveis residenciais nos últimos 12 meses

    15/10/2020 - 16h35

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Valorização dos imóveis residenciais em Florianópolis é destaque nacional
    (Foto: )

    Já se foi a época em que Florianópolis era apenas um pedacinho de terra perdido no mar. Atualmente, a capital catarinense é um dos destinos mais procurados pelos turistas e atrai anualmente novos moradores, que chegam em busca, principalmente, de qualidade de vida. Além disso, a cidade é um polo de negócios, tecnologia e empreendedorismo. Todos esses atributos fazem com que os imóveis residenciais do município sejam dos mais valorizados do Brasil.

    Imóveis em Florianópolis têm valorização acima da média nacional

    Segundo Índice FipeZap, que acompanha o comportamento do preço médio de venda de imóveis residenciais em 50 cidades, nos últimos 12 meses, o preço médio dos imóveis residenciais em Florianópolis aumentou 5,82%, sendo o maior entre os municípios pesquisados.

    No Brasil, o preço médio dos imóveis também apresentou aumento de 1,45%, bem menor do que o apresentado na capital catarinense. Além disso, quando levamos em consideração a inflação acumulada nos últimos 12 meses, que teve alta de 2,39% de acordo com o IPCA, o índice nacional exibe queda real de 0,92%. Porém, o de Florianópolis continua alto, apresentando aumento real de 3,43%.

    Fatores que contribuem para a valorização imobiliária

    Segundo o diretor de locações da Brognoli, Ruy Guerra, os imóveis têm boa valorização em Florianópolis por diversos motivos. A limitação do espaço, por ser uma ilha, é um deles. Grande parte do território da cidade está situado em área de preservação, o que limita a área útil para construir e acaba valorizando os terrenos disponíveis.

    — Com relação a outras cidades, acho que Florianópolis é a única capital que não teve desvalorização de 2014 pra cá. Isso acontece devido à grande demanda, à limitação de espaço e porque muitas pessoas estão vindo de fora — destaca.

    Além disso, o fato de ser uma capital também contribui para a formação de preços. Afinal, a cidade abriga o centro administrativo do Estado e recebe muitas pessoas devido a isso.

    Segundo informações do Sinduscon da Grande Florianópolis, a valorização dos imóveis na região ocorreu de forma natural, devido aos investimentos do mercado imobiliário em meios construtivos mais modernos e eficientes e às mudanças das condições do entorno e nas condições do mercado. O sindicato aponta, ainda, que os bairros mais valorizados atualmente são Trindade, Centro, Campeche, Lagoa da Conceição, Agronômica e Jurerê Internacional.

    Procura por qualidade de vida

    Muitas pessoas se mudam para a capital catarinense em busca de qualidade de vida. Afinal, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDHM) de Florianópolis é muito alto (0,847). A capital catarinense ocupa a 3ª posição no ranking dos melhores IDHM do Brasil e ocupa a primeira posição do estado de Santa Catarina.

    Ruy explica que a tendência é que as pessoas continuem querendo morar em locais que proporcionem uma qualidade de vida superior.

    — Com a tendência de home office e as pessoas podendo trabalhar de qualquer lugar, essa demanda de morar em Florianópolis deve aumentar ainda mais — acrescenta.

    Investir em imóveis continua sendo um bom negócio

    Desde 2015, a valorização dos imóveis em Florianópolis segue uma média de 7% a 8% ao ano. Apesar dos números serem bons, o gerente comercial da Brognoli, Eder Luiz Martins, explica que já foram melhores.

    — Até 2014 a valorização era de 10% ao ano, porém, a partir de 2015 houve uma estabilização nos preços e assim se mantém até hoje. Lógico que alguns empreendimentos específicos, acabam tendo uma valorização um pouco acima da média — pondera.

    Ainda assim, o diretor Ruy garante que comprar imóvel em Florianópolis a fim de investir sempre é um bom negócio.

    — Bom tanto para investimento de curto prazo, onde está pagando em média 0,6% do aluguel, o que dá 7,44% ao ano, ou seja, o dobro da SELIC, quanto para investimento de longo prazo, onde o imóvel tende a dobrar de valor em 10, 12 anos, pois tem toda a valorização do imóvel e o rendimento da locação — explica.

    Além disso, a desvalorização dos imóveis na capital catarinense é algo improvável, já que nos últimos meses foi registrado um aumento da procura por imóveis em Florianópolis.

    — O que temos de concreto, até o momento, é uma maior procura. Aumentando a demanda e com a oferta não acompanhando na mesma velocidade, há uma tendência de subida de preço — garante o gerente Éder.

    Calcule o valor do aluguel para cobrar em um imóvel

    Se você comprou um imóvel para investir e não quer deixar ele parado, uma boa opção pode ser alugá-lo. Com o valor ganho com o aluguel é possível pagar as despesas geradas pelo imóvel, como as parcelas de financiamento, e ainda ganhar uma renda mensal. Para saber o preço certo para cobrar de aluguel há ferramentas disponíveis, como a calculadora de investimentos da Brognoli.

    A calculadora está disponível no site e utiliza dados da base de dados da imobiliária para calcular o valor ideal de aluguel e a valorização que o imóvel terá nos próximos 5 anos. Levando em conta os dados adquiridos nos 65 anos em que a Brognoli está no mercado, a calculadora fornece um valor de aluguel muito próximo do real praticado e aproxima qual o retorno anual esperado com esse investimento. O diferencial dessa ferramenta é que ela não indica o preço com base nos preços que estão anunciados nos sites de aluguéis, mas sim tendo por base os preços que as negociações são efetivamente realizadas.

    Acesse o site da Brognoli e conheça mais sobre as opções de imóveis disponíveis na Grande Florianópolis.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Especiais Publicitários

    Colunistas