publicidade

Economia
Navegue por

Economia 

Varejo lidera arrecadação de impostos durante janeiro em Santa Catarina 

Receita tributária no período soma R$ 2,5 bilhões, calcula Fazenda 

08/02/2019 - 10h54

Compartilhe

Larissa
Por Larissa Neumann
(Foto: )

O setor do varejo puxou a arrecadação de impostos em Santa Catarina no mês de janeiro. De acordo com dados repassados pela Secretaria de Estado da Fazenda, 42,26% do total da receita bruta de R$ 2,5 bilhões do período foi composta pelo desempenho do varejo. Supermercados (23,74%) e energia (19,15%) aparecem em seguida.

Comparado com o mesmo mês do ano passado houve crescimento de 11,4%. Segundo a Fazenda, a alta é justificada pela nova política tributária, que inclui a revogação gradativa da Substituição Tributária (ST) e a revisão dos benefícios fiscais. Sozinho, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), principal tributo no Estado, somou R$ 2,06 bilhões em janeiro.

Já com relação ao resultado observado em dezembro, a alta foi de 4,7%. Em 2018, conforme balanço da Fazenda, a arrecadação do Estado com impostos cresceu 13,3%, alcançando R$ 26,1 bilhões. Só de ICMS foram R$ 19,4 milhões.

Desempenho por setores

Dos 15 setores analisados, apenas dois ficaram negativos: agronegócio (-8,92%) e comunicações (-14,25%). A agricultura, que também fechou 2018 negativo, ainda se recupera dos efeitos causados pela greve dos caminhoneiros no começo do ano passado.

Os demais que registraram arrecadações positivas foram transportes (17,50%), automóveis (14,32%), metal-mecânico (14,29%), automação comercial (11,73%), combustíveis e lubrificantes (7,57%), embalagens e descartáveis (7,54%), materiais de construção (7,49%), têxteis (6,79%), bebidas (2,64%) e, por fim, medicamentos (2,41%).

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação