É no capítulo 15 que acontece o beijo de João Pedro e Mariana no remake de Renascer. A cena é exibida nesta quarta-feira (7) e vai fortalecer ainda mais o desejo de João Pedro pela neta de Belarmino. Continue a leitura para ver como foi este beijo no ramake e compare com a versão de 1993 de Renascer.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

Beijo de João Pedro e Mariana em remake de Renascer

Como é a cena no remake da novela

Desde o momento que João Pedro viu Mariana na casa de Jacutinga, apaixonou-se pela garota. Esse amor à primeira vista motivou o rapaz a levar Mariana para a fazenda de seu pai, José Inocêncio. A chegada da jovem movimenta a rotina da casa e logo Mariana admite que é neta do falecido coronel Belarmino.

Mesmo ela sendo descendente de seu antigo inimigo, José Inocêncio deixa que Mariana continue vivendo na fazenda após ouvir a história do que sua família passou após morte de Belarmino. É nesse contexto, na versão de 1993, que José Inocêncio compara Mariana com a filha que Santinha não teve e decide acolher a garota. Porém, no ramake, é Mariana que pede para chamar José Inocêncio de “painho”: “Se for para ficar nessa fazendo, eu quero que o senhor seja o pai que eu nunca tive”, complementa.

Continua depois da publicidade

Entenda o triângulo amoroso de José Inocêncio, Mariana e João Pedro na 2ª fase de Renascer

Isso não agrada João Pedro, porém, vê a permanência de Mariana como uma oportunidade de se aproximar dela e declarar seu interesse amoroso. Em uma conversa, ela afirma: “Já lhe disse que lhe quero como irmão”. Ao que João Pedro responde: “Eu já lhe disse que irmão por irmão, já tenho Zinha, e mais três de sangue. Eu vou querer mais para quê?”

Enquanto fala, João Pedro se aproxima de Mariana, que responde: “Eu não quero que teu painho agarre ódio de mim”. Ele se aproxima ainda mais e inicia o beijo, que é correspondido por Mariana.

Primeiro beijo de João Pedro e Mariana em Renascer de 1993

Como é a cena na versão de Renascer de 1993

Já na versão original de Renascer, exibida em 1993, a aproximação e beijo de João Pedro e Mariana acontece em duas cenas. Primeiro, a personagem interpretada por Adriana Esteves diz: “Já que ele me permitiu o chamar de painho, gostaria de lhe ter como irmão, João Pedro”.

Continua depois da publicidade

Logo em seguida, João Pedro, interpretado pelo Marcos Palmeira (mesmo ator de José Inocêncio no remake) responde: “Assim eu não quero. Eu quero é do outro jeito”. Mariana, afetada pela fala do jovem, pergunta: “E de que jeito?”

A cena continua: “Oxe, você não percebeu, não? Eu vou ter que lhe falar?”, pergunta João Pedro. Ao que Mariana responde: “Já lhe quero bem João Pedro, mas não quero estragar as coisas.”. Ele segue questionando: “Estragar o quê?” Mariana finaliza a conversa ao dizer: “Não quero que teu painho pense mal de mim. Quero te querer como irmão!”. Em seguida, dá um rápido beijo no rosto de João Pedro.

Apesar da recusa da garota, João Pedro segue perdidamente apaixonado por Mariana e chega até a comparar sua paixão com a que José Inocêncio sentiu por Santinha quando se conheceram na festa do boi.

Enquanto Mariana lava roupas na cachoeira, João Pedro se aproxima novamente da garota e se declara novamente: “Você é a maior alegria que já cruzou o meu caminho”. Mariana pergunta: “O que você quer de mim, João Pedro?”. Imediatamente, ele responde: “Isso” e a beija. Toda cena acontece com “Mentiras”, de Adriana Calcanhoto tocando ao fundo.

Continua depois da publicidade

Leia também

Conheça o novo elenco de Renascer e compare com a versão original

Como está o elenco de Renascer, 30 anos após a primeira versão

Veja como o cacau conseguiu “renascer” após vassoura-de-bruxa, praga que devastou plantação brasileira

Destaques do NSC Total