O vice-prefeito de Ermo, no extremo Sul do Estado, sofreu uma tentativa de homicídio na manhã desta terça-feira, por volta das 10h40min. Elias Nagel saia de casa pela SC-284, que liga a cidade à BR-101, quando teve o carro alvejado. Segundo Nagel, um carro preto com dois ocupantes parou ao lado do carro dele, e uma das pessoas efetuou quatro disparos.

Continua depois da publicidade

Um dos tiros atingiu a mão esquerda do vice-prefeito. Os demais disparos acertaram a janela da porta do motorista e o para-brisa do carro. O Instituto Geral de Perícias (IGP) fez a avaliação do veículo ainda ontem e ele foi submetido a um exame de corpo de delito. Os resultados fazem parte do inquérito aberto pela Polícia Civil para investigar a tentativa de homicídio.

Após o ataque, a Polícia Militar realizou buscas na região, mas o carro suspeito não foi localizado e ninguém foi preso. Nagel foi candidato à vereador na eleição do último domingo, mas não foi eleito. Aos policiais, ele disse ter recebido ameaçadas durante a campanha.

— Além de ouvir o candidato, foi ventilada a possibilidade de motivação política. Por isso, falamos com pessoas da cidade envolvidas no pleito eleitoral, mas a motivação ainda não está confirmada pela investigação — afirmou o delegado titular de Turvo, responsável pelo município de Ermo, André Coltro.

Leia também:

Continua depois da publicidade

MP encaminha ao TRE processo que investiga fraudes eleitorais em Ermo

Justiça Eleitoral cancela 259 títulos em Ermo, no Sul de SC

Candidato a prefeito de Santa Cecília sofre tentativa de homicídio

Destaques do NSC Total