Com as enchentes no Rio Grande do Sul, diversos animais contam com a ajuda de voluntários para serem resgatados nos municípios gaúchos. Na última semana, durante uma ação de entrega de doações em um abrigo de cães que perderam seus tutores, um dos cachorrinhos abraçou a perna de uma voluntaria catarinense.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

O momento foi flagrado em Canoas e protagonizado pela médica veterinária Liandra Dall’Orsoletta, coordenadora do Núcleo de Atenção aos Pequenos Animais (NAPA), de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.

A veterinária diz que o momento foi muito emocionante. A equipe estava reunida em um albergue que abriga neste momento mais de 400 animais, quando o cachorro chegou e a abraçou.

— Todos nós da equipe nos comovemos — diz.

Continua depois da publicidade

O gesto surpreendeu os voluntários e as pessoas presentes na ação, que gravaram o momento e compartilharam nas redes sociais. Os internautas comentaram com mensagens de apoio e altruísmo. “Temos muito que aprender com os animais”, dizia uma das mensagens.

Nos comentários, as pessoas questionaram se Liandra havia adotado o cachorro e o levado para Chapecó. A médica veterinária justificou-se dizendo que diariamente chegam muitas pessoas no albergue a procura de seus pets perdidos, por isso, não seria justo ela levar o cãozinho para casa neste momento.

— As vezes o animal vai ser a única coisa que as pessoas vão conseguir resgatar da vida delas. Por esse motivo o cãozinho não está vindo para Chapecó — esclarece Liandra.

Veja o momento

(Vídeo: Liandra Dall’Orsoletta, Reprodução)

Chuvas no Rio Grande do Sul

Subiu para 147 o número de pessoas que morreram em função das enchentes que assolam o Rio Grande do Sul. Conforme o boletim da Defesa Civil divulgado nesta segunda-feira (13), há ainda 127 pessoas desaparecidas e 806 feridos.

Continua depois da publicidade

No total, mais de 2,1 milhões de pessoas foram afetadas pelas chuvas. Dessas, 538.241 mil estão desalojadas e 80.826 mil foram levadas a abrigos. Dos 497 municípios gaúchos, 447 relataram problemas relacionados ao temporal. Além disso, uma morte está em investigação.

*Sob supervisão de Luana Amorim

Leia também

Sobe para 147 o número de mortos por enchente no Rio Grande do Sul

Rua em Gramado desmorona e moradores são retirados de casa após fortes chuvas

Projeto tenta recuperar áreas de manguezais em SC para frear mudanças climáticas

Destaques do NSC Total