Uma jararaca, que está entre as cobras mais venenosas do Brasil, foi encontrada morta “misteriosamente” dentro de uma casa em Jaraguá do Sul, no Norte de Santa Catarina. Ela não atacou ninguém e o aparecimento deste tipo de animal é comum na região.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região no WhatsApp

Segundo Gilberto Ademar Duwe, biólogo da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama), ele foi acionado pelos moradores do local para resgatar o animal que estava debaixo de um móvel de madeira. 

Fotos da cobra jararaca encontrada morta em SC

Durante o trabalho, porém, ele encontrou o animal já sem vida. Em um vídeo publicado nas redes sociais, o biólogo destaca que não havia explicação para ela estar morta, já que não estava machucada. 

Continua depois da publicidade

— Morreu de alguma forma que não se sabe, porque ela não apresentava nenhum tipo de ferimento — explica. 

Jararacas são a maioria em picadas no Brasil

Segundo o Ministério da Saúde, o grupo que compõe a espécie das jararacas é o maior responsável por causar acidentes com serpentes no Brasil. Das picadas registradas no país em 2022, 69,3% eram da espécie que é bastante encontrada na região Norte de Santa Catarina.

Quais são as cobras mais comuns em SC

Conforme o Butantan, picadas de jararacas adultas podem ocasionar dor e inchaço no local e até manchas e sangramento na área. Além disso, regiões como gengiva e nariz também podem sangrar. Já quando há complicações, a vítima pode ter infecção, necrose e insuficiência renal aguda.

Continua depois da publicidade

Cobra mais venenosa do Sul do Brasil é resgatada em casa de SC

Apesar disso, o biólogo destaca a importância do animal para o ecossistema e controle de pragas. As cobras são predadores de pequenos mamíferos como ratos, sapos e outros anfíbios, lagartos e lacraias. 

“Apesar de ser peçonhenta ela tem um papel fundamental no equilíbrio dos ecossistemas. Para nós também. O Captopril, remédio mais vendido no mundo para o combate a hipertensão (pressão alta), foi criado a partir de moléculas da peçonha da Jararaca”, publicou Raboch nas redes sociais.

Após ser retirada do galinheiro, a jararaca resgatada pelo biólogo foi devolvida à natureza.

O que fazer ao ser picado por uma cobra

Em caso de acidentes com cobras, é recomendado que a pessoa mantenha a calma. Ao ser picado, o indivíduo deve lavar bem o local da ferida com água e sabão, deixar o ferimento elevado, manter repouso e ingerir bastante líquido para se manter hidratado.

Além disso, deverá buscar o quanto antes o atendimento médico em um hospital de referência para atendimento por acidentes ofídicos. O tempo é crucial para garantir o sucesso do tratamento.

Continua depois da publicidade

Não é preciso se arriscar tentando capturar o animal que causou a ferida, afinal, o médico treinado poderá prescrever o soro antiofídico (responsável por anular os efeitos do veneno) pelos sintomas apresentados.

Não é recomendado cortar ou perfurar o local da picada da cobra. Também não se deve amarrar o local nem fazer garrotes ou torniquetes. Muitas vezes estas medidas podem agravar a situação.

Leia também

FOTOS: Veja os carros mais caros emplacados em SC em 2024; Ferraris dominam lista

Como é o navio chinês de 40 milhões de dólares que veio buscar toneladas de soja em porto de SC

Como empresa de SC que tinha duas funcionárias quer chegar a R$ 450 milhões de capital até 2026

Destaques do NSC Total