nsc
dc

Internet

Vídeo de capivara perseguindo pinscher em Tubarão, no Sul de SC, viraliza 

Duduco, de apenas seis meses, conseguiu escapar do roedor

22/01/2020 - 12h14 - Atualizada em: 22/01/2020 - 12h50

Compartilhe

Lariane
Por Lariane Cagnini
capivara
Perseguição ganhou a internet
(Foto: )

O vídeo de uma capivara, perseguindo um cachorro pinscher, ganhou as redes sociais. A gravação foi feita em Tubarão, no Sul de Santa Catarina, e mostra o roedor correndo atrás do cãozinho, que consegue escapar ileso. A cena inusitada virou motivo de brincadeiras na internet, e até a manhã desta quarta-feira, mais de 125 mil pessoas já tinham assistido o flagrante.

O autor do vídeo de apenas 15 segundos é Franco Rodriguez. Ele passeava às margens do Rio Tubarão e resolveu filmar as capivaras. O cão Duduco estava com o dono, e por curiosidade decidiu se aproximar do grupo de roedores. Depois de um breve reconhecimento, uma das capivaras passou a perseguir o cão, que correu para escapar.

As imagens foram registradas no domingo e compartilhadas em grupos de mensagens e alguns perfis. O vídeo chegou até Jhonata Nascimento, morador de Tubarão, que decidiu publicar no Twitter no dia seguinte. A postagem dele acabou viralizando, e Duduco ganhou a internet.

João Nicoladelli, sobrinho do dono de Duduco, disse que a maioria das mensagens que recebeu foi de pessoas preocupadas com o cão de apenas seis meses. Hoje, a família ri da repercussão, mas sabe que o cãozinho correu risco.

Duduco está bem, em casa, e até ganhou um perfil nas redes sociais. No Instagram, ele é @dogduduco, e por lá planeja compartilhar um pouco do seu dia a dia como o "cão coragem".

— O Duduco bancou o corajoso, quis enfrentar ali no começo e só fugiu quando ela foi para cima. O colega estava filmando as capivaras, não era nem para registrar o Duduco, acabou flagrando sem querer — conta João.

Duduco
Duduco está bem e não se machucou após perseguição
(Foto: )

A presença de capivaras é comum em Tubarão, e os animais costumam ficar próximos ao rio Tubarão ou em lagoas. A prefeitura da cidade orienta que as pessoas evitem o contato com os roedores, não os alimentem e respeitem uma distância segura desses animais, para evitar incidentes.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas