Passado pouco mais de um mês do primeiro assassinato desse ano em Blumenau, a Polícia Civil prendeu quatro pessoas suspeitas de participação no crime. As autoridades acreditam que o motivo do homicídio foi vingança. Isso porque a vítima, Maicon José da Silva, tinha desavenças com dois dos detidos e chegou a tentar tirar a vida de um deles há cerca de dois anos e meio.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

As prisões ocorrem nesta terça-feira (20), nos bairros Progresso e Valparaíso. Em uma das residências a polícia encontrou duas pistolas e munições calibre 9mm, as quais o dono tinha autorização de posse, segundo o delegado Bruno Fernando. Os quatro passaram por interrogatório e depois foram levados para o Presídio Regional de Blumenau, onde vão aguardar a conclusão do inquérito.

Entenda a motivação

Um inquérito da Polícia Civil aponta que Maicon era dono de uma casa no bairro Progresso e colocava o imóvel para locação. No dia 15 de julho de 2021, ele teria chegado à residência com outro homem. Um vizinho, acreditando ser dois interessados em alugar o espaço, informou que a casa tinha alguns problemas, e isso teria sido estopim para um ataque.

Continua depois da publicidade

Apesar de ter levado um tiro e de ser chutado por Maicon e o amigo, o vizinho sobreviveu e a partir daí a situação sempre foi conflituosa. O caso ainda tramitava no Judiciário quando em 11 de janeiro de 2024 a vítima foi morta após sair do trabalho e cair em uma emboscada. Segundo a polícia, o vizinho junto com o irmão e mais dois comparsas arquitetaram o assassinato de Maicon.

Ele foi morto com tiros na cabeça e nos braços. Após as investigações, o delegado pediu a prisão preventiva do quarteto e a Justiça acatou a solicitação. O inquérito deve ser finalizado em 30 dias.

Leia mais

Empresário de Brusque é desmascarado após 20 anos se passando por outra pessoa

Supercarga de explosivos é localizada pela polícia em pacata cidade do Vale do Itajaí

Destaques do NSC Total