nsc
dc

CUIDADO 

Você compartilha fotos de seus filhos nas redes sociais? Então fique alerta

Dois em cada três pais e mães, que compartilharam fotos dos filhos nas redes sociais, temem que as fotos caiam nas mãos de estranhos, e que as crianças sejam vítimas de abusadores sexuais

18/04/2020 - 09h00 - Atualizada em: 09/07/2020 - 09h06

Compartilhe

Por Fabrício Vitorino
tech
(Foto: )

Dois em cada três pais e mães, que compartilharam fotos dos filhos nas redes sociais, temem que as fotos caiam nas mãos de estranhos, e que as crianças sejam vítimas de abusadores sexuais. O dado alarmante está na pesquisa “Sharenting”, desenvolvida no Brasil em fevereiro pelo laboratório de segurança digital Avast.

> Homem pateta: saiba como proteger os filhos dos perigos da internet

Além do alarmante dado, a pesquisa, que entrevistou mais de 500 pais e mães brasileiros, mostrou que 34% dos pais brasileiros acreditam que publicar fotos de menores na internet é um grande risco. Já outros 27% pensam que essa atividade pode envergonhar os menores, quando crescerem. Só 10% dos pais no Brasil acreditam que não há riscos.

Por outro lado, 12% admitiram ter apagado ou borrado o rosto dos filhos antes de postar a foto. Outro dado curioso: cerca de 29% dos entrevistados responderam que, se há outros menores visíveis na foto, sempre pedem aos pais deles a permissão para divulgá-la nas mídias sociais, antes de fazê-lo. (Alguém já pediu a sua permissão?)

Ah, e por fim: apenas 29% dos entrevistados usam mídias sociais, mas nunca publicaram fotos dos filhos nelas.

André Munhoz, gerente de produto para Brasil da Avast, listou alguns cuidados que você deve ter se pensa em compartilhar fotos dos filhos:

1 - Ajuste as configurações de privacidade, garantindo que apenas as pessoas confiáveis possam ver as fotos e os vídeos.

2 - Avalie os termos da plataforma: você ainda continuará sendo o proprietário do conteúdo após publicá-lo?

3 - Sempre fique de olho nos seguidores que você tem ou nos dos seus filhos, se eles possuírem seguidores. Se for uma conta com um nome de usuário falso ou duvidoso, com certeza é um bot, um cyberbully ou um abusador sexual.

4 - Pense nas consequências do que você está postando sobre o seu filho - essa foto ainda será engraçada quando ele tiver 12 anos? Ou 17? Ou 35?

5 - Configure um Alerta do Google com o nome do seu filho, para garantir que apenas as informações que você deseja divulgar sobre ele estejam disponíveis.

6 - Considere cobrir ou evitar mostrar o rosto do seu filho nas fotos, para proteger sua privacidade e identidade.

DICIONÁRIO

SharentinG

Palavra em inglês que mistura “compartlhar” (share) com “parenting” (ser pai ou mãe, em belo português, parentalidade). Usada para descrever o compartilhamento excessivo de fotos dos filhos pelos pais.

Shamenting

Palavra em inglês que mistura “shame” (vergonha) com “parenting”. É quando os pais, seja no mundo real ou virtual, dão aquela envergonhada nos filhos.

Sharentine

União de “share” com “quarentine”. Ou seja, os momentos “vergolha alheia” que passamos durante a quarentena.

Shamentine

Junção de “Shame” com quarentine”. Em bom português, a “vergolha alheia” que passamos durante a quarentena – e fazemos questão de compartilhar nas redes sociais...

Startup de São José cria app para ajudar lojistas

O Agendaki vai permitir que os lojistas descubram o número máximo de clientes que podem ficar ao mesmo tempo em seu negócio. E vai levar em consideração a área e o tempo médio que os compradores gastam no estabelecimento – segundo os próprios comerciantes.

​​> Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

Já os clientes poderão ver a informação de quantas pessoas podem ser atendidas no local a cada período. A ferramenta será adaptada às regras de cada cidade e às recomendações das autoridades para preservação da saúde. A ideia nasceu em parceria com o Cocreation Lab e com o apoio da Fecomércio SC.

Floripa Airport será 1º a testar para Covid-19

O Aeroporto Internacional de Florianópolis será o primeiro do Brasil a fazer testes de coronavírus em passageiros. A iniciativa é da prefeitura de Florianópolis em parceria com a Floripa Airport, e tem como foco testar os passageiros sintomáticos, que desembarcam no aeroporto. As verificações serão feitas pela equipe da Vigilância Municipal de Saúde.

A Floripa Airport irá fornecer toda a infraestrutura para os testes: ambulatório, frigobar para armazenagem dos testes, e a cada testagem, a equipe de limpeza do aeroporto faz a desinfecção de todo o espaço utilizado.

Buser dá viagens de graça

O “Uber do Ônibus”, a Buser lançou a campanha “Saudade de Você”, e oferece viagens gratuitas aos usuários no fim da quarentena. Basta entrar no site da Buser, preencher um formulário informando o número do celular e e-mail para poder ganhar uma viagem de graça, quando a operação for normalizada. Para isso, a Buser entrará em contato por e-mail ou telefone com quem se cadastrou para avisar do retorno das operações e disponibilidade de reserva da viagem gratuita.

Colunistas