nsc
    santa

    Educação

    Volta às aulas em Blumenau: acompanhe o retorno dos alunos às escolas nesta segunda-feira

    Estudantes voltam às unidades de ensino quase 11 meses depois da paralisação motivada pela pandemia

    08/02/2021 - 06h30 - Atualizada em: 08/02/2021 - 09h16

    Compartilhe

    Bianca
    Por Bianca Bertoli
    Augusto
    Por Augusto Ittner
    Alunos de Blumenau retornam para as escolas
    Alunos de Blumenau retornam para as escolas
    (Foto: )

    Todas as 124 escolas e centros de educação infantil de Blumenau abrem as portas nesta segunda-feira (8) depois de quase 11 meses sem receber os estudantes. A volta às aulas ocorre ainda em meio à pandemia do coronavírus e é alvo de um debate sobre os riscos e benefícios da retomada do ensino presencial. Ao todo, cerca de 24 mil alunos voltarão às salas neste dia — o que representa dois terços de todos os matriculados. 

    Acompanhe abaixo como está sendo esse primeiro dia de volta às aulas em Blumenau:

    > Volta às aulas em Blumenau: tudo que você precisa saber

    > Tire todas as suas dúvidas sobre a volta às aulas em Santa Catarina

    > Alunos voltam às salas de aula em SC depois de quase 11 meses

    Por volta das 6h50min, uma fila de estudantes se formou próximo à Escola Básica Municipal Machado de Assis, na Itoupava Seca. Os portões foram abertos mais tarde do que o habitual, às 7h15min, o que motivou uma pequena aglomeração às margens da Rua Engenheiro Paul Werner — tanto de pais e alunos, quanto de carros que faziam o contorno pela Rua Alagoas, via lateral ao colégio.

    Após a abertura dos portões, alunos da Machado entraram na escola e receberam as orientações.
    Após a abertura dos portões, alunos da Machado entraram na escola e receberam as orientações.
    (Foto: )

    O atraso na abertura faz parte do planejamento da unidade. Neste horário entraram os estudantes maiores para que 15 minutos depois fosse a vez dos menores. Destaca-se o fato de que todos, mesmo do lado de fora da unidade de ensino, usavam máscaras. A reportagem do Santa não flagrou desrespeito à utilização do equipamento de proteção individual que é obrigatório para todos aqueles que estejam no ambiente escolar. 

    As normas para evitar o contágio, inclusive, são acompanhadas de perto pela diretora do Machado de Assis, Solange Clebsch. Logo nos primeiros minutos, após a entrada dos alunos do 8º e 9º anos, alguns até tentaram juntar as cadeiras para conversar na área externa da unidade. Mas não teve jeito: logo foram orientados por Solange, que dava orientações em um microfone, a permanecer distantes uns dos outros. 

    — Tem que manter o distanciamento. São hábitos que precisamos observar — ressaltou a diretora.

    Fernando Rosa de Jesus foi um dos pais que ficou do lado de fora à espera dos portões serem abertos na Machado de Assis. Pai de uma menina da pré-escola e de um garoto do 7º, ele fala na árdua missão que os professores terão pela frente — tanto por conta do longo período sem contato com colegas, quanto pela recuperação de conteúdos do ano passado.

    — Estou confiante. Vai ser desafiador, mas acredito que todos farão os protocolos corretamente. Tomara que os professores tenham energia para aguentar — diz o pai.

    A primeira van do transporte escolar a chegar em frente à escola foi de Valdir de Souza. Ele, que leva e traz estudantes há mais de 20 anos, teve que fazer o mesmo serviço para empresas durante os meses sem aulas presenciais para poder se manter.

    — Os bancos estão demarcados, tenho que higienizar os assentos a cada troca de alunos e ter um motorista reserva. Temos que ir com calma, fazer dar certo — defendeu. 

    Filas para entrar

    Filas também se formaram na EBM Almirante Tamandaré, na Ponta Aguda, próximo à rua que leva em direção ao Portal da Saxônia. Pais e estudantes também esperavam para entrar e, como mostra uma foto feita pela repórter Valeska Lippel, da NSC TV, nem sempre o distanciamento mínimo de 1,5 metro foi respeitado. Por lá, os alunos começaram a entrar por volta das 7h10min na unidade.

    Fila próximo à entrada da Almirante Tamandaré, na Ponta Aguda.
    Fila próximo à entrada da Almirante Tamandaré, na Ponta Aguda.
    (Foto: )

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Educação

    Colunistas