nsc
dc

Estados Unidos

Washington tem confronto entre policiais e manifestantes contra Trump

Republicano tomou posse nesta sexta-feira como o 45º presidente da história dos Estados Unidos, em cerimônia com segurança reforçada

20/01/2017 - 14h46 - Atualizada em: 21/01/2017 - 03h24

Compartilhe

AFP
Por AFP
(Foto: )

Centenas de manifestantes com máscaras e vestidos de preto protestaram, nesta sexta-feira, contra a posse do republicano Donald Trump, gerando incidentes no centro de Washington, lançando pedras em policiais e quebrando vitrines. Entre 400 e 500 manifestantes lançaram objetos contra os agentes do Batalhão de Choque. Segundo a rede CNN, 217 pessoas foram detidas e seis policiais ficaram feridos nesta sexta-feira.

O porta-voz do Departamento de Polícia Metropolitana, tenente Sean Conboy, acrescentou que manifestantes foram presos por "vandalismo e destruição de propriedade".

Em meio ao confronto, a polícia usou spray e bombas de gás lacrimogêneo para dispersá-los. A vitrine da rede Starbucks foi quebrada pouco antes de Donald Trump prestar juramento no Capitólio. Alguns ativistas chegaram a jogar tijolos para quebrar outras janelas do comércio. Nas ruas, vê-se latas de lixo incendiadas.

Leia mais

Veja como foi a posse de Donald Trump como presidente dos EUA

Da bravata à Casa Branca: a ascensão meteórica de Trump

Luiz Antônio Araújo: O discurso de posse que Trump esboça há 30 anos

Manifestações violentas similares haviam sido registradas no fim da manhã, no centro da cidade, antes do juramento de Trump na fachada do Capitólio. Os manifestantes enganaram o controle das forças policiais mudando de roupa no último minuto para vestir-se com roupas pretas características do grupo Black Block.

Manifestantes gritaram para a polícia "Mãos para cima, não atire", numa referência a um refrão adotado em protestos depois que a polícia matou Michael Brown em 2014 em Ferguson, no Estado de Missouri. Alguns carregavam cartazes com frases como "Resistam a Trump, realizem a justiça do clima agora,"e "Palestina livre."

— É lamentável — disse um homem que votou em Donald Trump e usava um gorro vermelho com a frase "Fazer os Estados Unidos grande novamente".

Até o momento, esses incidentes foram os únicos registrados na capital americana, onde milhares de pessoas, partidárias e opositoras a Donald Trump se reuniram pacificamente ao longo do National Mall antes da cerimônia de posse.

Leia as últimas notícias de Mundo

*AFP

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas