nsc
    dc

    Fraude

    William Bonner diz que dados de seu filho foram usados para sacar os R$ 600 do auxílio emergencial

    O jornalista usou seu perfil no Twitter para fazer a denúncia

    21/05/2020 - 10h30 - Atualizada em: 21/05/2020 - 10h38

    Compartilhe

    Marina
    Por Marina Martini Lopes
    Segundo Bonner, estelionatários vêm usando há três anos o nome e CPF de um de seus filhos em fraudes como abertura de empresas e contratação de serviços
    Segundo Bonner, estelionatários vêm usando há três anos o nome e CPF de um de seus filhos em fraudes como abertura de empresas e contratação de serviços
    (Foto: )

    O jornalista William Bonner afirmou em seu perfil no Twitter que os dados de um de seus filhos foram usados para sacar o auxílio emergencial de R$ 600 entregue pelo governo federal a quem se encontra em situação de risco em consequência da pandemia de coronavírus.

    Segundo Bonner, estelionatários vêm usando há três anos o nome e CPF de um de seus filhos em fraudes como abertura de empresas e contratação de serviços - mas que, desta vez, o caso é mais grave, por envolver dinheiro público: o filho do apresentador do Jornal Nacional não se enquadra no grupo de pessoas que podem ser beneficiadas pelo auxílio, mas teve o cadastro aprovado mesmo assim.

    "Quantos entre esses realmente fraudaram o programa?", postou Bonner no Twitter. "Meu filho não fraudou, é vítima e pode provar. Neste caso, o crime é contra ele, contra todos os que tiveram seus nomes indevidamente usados, e também contra todos os brasileiros, porque ataca os cofres públicos."

    Veja as postagens:

    Twitter William Bonner
    Twitter William Bonner
    (Foto: )

    Twitter William Bonner
    Twitter William Bonner
    (Foto: )

    Twitter William Bonner
    Twitter William Bonner
    (Foto: )

    Twitter William Bonner
    Twitter William Bonner
    (Foto: )

    Bonner encerrou dizendo: "De nossa parte, apresentaremos nova queixa-crime. Da parte dos gestores do auxílio emergencial, esperamos apuração rápida da fraude, para que se resguardem o patrimônio público e a confiança dos cidadãos nos mecanismos de controle desse programa."

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas