publicidade

Colisão

Youtuber britânica morre em acidente de patinete elétrico

Emily Hartridge, 35 anos, morreu após colidir contra um caminhão 

14/07/2019 - 20h46

Compartilhe

Por GaúchaZH
Youtuber britânica Emily Hartridge
Emily Hartridge era conhecida pelos vídeos sobre exercícios físicos e vida saudável
(Foto: )

A youtuber e apresentadora de TV britânica Emily Hartridge morreu na última sexta-feira (12) em um acidente de patinete elétrico, em Londres, no Reino Unido. Segundo informações do portal G1, aos 35 anos, Emily era conhecida pelos vídeos sobre exercícios físicos e vida saudável.

De acordo com os jornais "The Guardian" e "Independent", ela foi a primeira vítima fatal de uma ocorrência envolvendo patinete no país. No acidente, o veículo que ela conduzia colidiu contra um caminhão.

A youtuber ficou conhecida há sete anos, conforme o obituário do jornal The Guardian, quando publicou vídeos da série "Ten reasons why...", em que falava sobre a vida moderna de forma descontraída. Sua carreira como apresentadora de programas de TV começou depois que a série de vídeos alcançou três milhões de visualizações.

No programa, ela chegou a entrevistar atores como Eddie Redmayne e Hugh Jackman.

No Instagram de Emily, foi publicada neste sábado (13) uma nota com a seguinte mensagem:

"Olá a todos. Esta é uma coisa horrível a se dizer pelo Instagram, mas sabemos que muitos de vocês estavam esperando ver Emily hoje, e esta é a única maneira de contatar todos de uma vez. Emily se envolveu em um acidente ontem [sexta-feira] e faleceu. Todos nós a amamos muito, e ela nunca será esquecida. Ela tocou tantas vidas, que é difícil imaginar as coisas sem ela. Ela era uma pessoa muito especial."

Debate sobre patinetes elétricos

Circular de patinete elétrico em vias públicas é ilegal no país. Contudo, a proibição não é feita para espaços privados. O aumento no número de pessoas que usam o veículo para locomoção pode fazer o Departamento de Transportes do governo reavaliar as restrições da legislação. Um patinete pode atingir velocidade superior a 30 km/h.

O acidente com Emily gera discussões sobre uso dos patinetes elétricos, pois a maioria dos países não definiu regras específicas. Já foram registradas mortes nos Estados Unidos, na Suécia e na França, quando um homem também colidiu em um caminhão.

O patinete elétrico também está em alta no Brasil. Entretanto ainda não está regulamentado na maioria das cidades. Quem pilota um patinete deve obedecer normas gerais determinadas pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), porém é responsabilidade de cada cidade regulamentar a circulação desse veículo de mobilidade. Em São Paulo e no Rio Janeiro já foram adotadas regras, por exemplo.

Ainda não é assinante? Faça sua assinatura do NSC Total para ter acesso ilimitado ao portal, ler as edições digitais dos jornais e aproveitar os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

publicidade