O governo federal anunciou oficialmente, nesta quarta-feira (22), a implementação do Novo Minha Casa, Minha Vida. Em evento no Palácio do Planalto, em Brasília, foi divulgada a 1ª Seleção de Propostas direcionada à Faixa 1 (FAR), destinada a famílias com renda de até 2 salários-mínimos (ou R$ 2.640,00 em valores atuais). Em Santa Catarina, serão 11 cidades beneficiadas.

Continua depois da publicidade

SC tem 9 em cada 10 cidades elegíveis a novas moradias do Minha Casa, Minha Vida

Receberão unidades: Joinville, Florianópolis, Blumenau, São José, Itajaí, Chapecó, Itapema, Canoinhas, Mafra, Tijucas, Imbutba (veja na galeria abaixo as fotos das cidades e quantos apartamentos cada uma receberá). Em todo o Brasil, foram selecionados projetos de 187,5 mil unidades habitacionais para a Faixa 1. São mais de 1.200 empreendimentos que beneficiarão 560 municípios. Do total, 184 mil unidades são destinadas a famílias integrantes dos cadastros habitacionais, em todos os estados brasileiros.

Em SC, o Minha Casa, Minha Vida já implementou unidades durante o primeiro governo Lula, no lançamento do projeto. Há condomínios em cidades como Criciúma, Blumenau e Joinville. Nesta nova etapa, uma das propostas do governo federal é implementar salas de biblioteca ou leitura nos empreendimentos habitacionais.

Segundo o deputado federal por Santa Catarina Pedro Uczai (PT) trouxe a informação de que, ao todo, nesta fase do programa, serão 1605 apartamentos para as cidades catarinenses.

Continua depois da publicidade

Veja abaixo as cidades e o número de apartamentos

Leia também

Temporada de verão aumenta 14 vezes a população de Balneário Camboriú

Cidade de SC ultrapassa Balneário Camboriú em imóveis vendidos

Entenda como as “árvores líquidas” podem ser uma solução no combate à poluição do ar

Destaques do NSC Total