nsc
    nsc

    Infraestrutura

    As primeiras cidades que vão receber pontes dos metais temporários da Hercílio Luz

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    04/12/2019 - 07h21 - Atualizada em: 04/12/2019 - 09h54
    (Foto: Tiago Ghizoni / NSC Total)
    (Foto: Tiago Ghizoni / NSC Total)

    As primeiras pontes feitas com os metais usados provisoriamente na obra de reforma da ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, já têm destino. Em breve serão assinados os termos de compromisso do Estado com as prefeituras de Abdon Batista, Zortéa e Ipira, cidades do Meio-Oeste de Santa Catarina. Elas fizeram os pedidos para a Defesa Civil e se encaixaram nos pré-requisitos para o recebimento dos chamados kits de transposição.

    As estruturas serão usadas para substituir pontes que cederam ou estão danificadas. Nesta terça-feira (3), a Defesa Civil publicou uma regulamentação dos pedidos das pontes metálicas. Uma das condicionantes é que os municípios tenham uma coordenadoria específica de proteção e Defesa Civil. Além disso, cabe às prefeituras a instalação das cabeceiras e de outras obras de infraestrutura necessárias.

    Até esta semana, o Estado recebeu 754 pedidos de kits metálicos para 155 cidades. A expectativa é que com todo o material provisório a ser retirado possa gerar 835 pontes. Elas estão sendo feitas na cabeceira continental da Hercílio Luz. A vencedora da licitação foi a própria empreiteira portuguesa Teixeira Duarte, responsável pela reforma da Velha Senhora.

    Os metais a serem usados nas demais cidades de SC não são os que faziam parte da antiga ponte. A utilização será de peças provisórias, fundamentais para a reforma nos últimos quatro anos.

    ​Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC​

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas