Esperado com ansiedade por “concurseiros”, o processo seletivo para contratação de 29 servidores na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) ficou para 2024. Ele chegou a ser lançado em janeiro deste ano, mas foi suspenso em fevereiro para ajustes no edital. Desde então, uma comissão interna trabalhou nas alterações. No entanto, o novo edital não sairá em 2023.

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Segundo a Alesc, o concurso está confirmado, mas sem confirmação da data. A Assembleia espera pela publicação do edital por parte da Fundação Getúlio Vargas (FGV), responsável pelas provas. O aditivo de contrato com a banca para o novo edital já foi assinado, de acordo com a Alesc.

A expectativa da Assembleia é que o processo seja relançado no começo de 2024. Inicialmente, o edital lançado em janeiro deste ano previa 29 cargos de analista e consultor legislativo, além de formar um cadastro de reserva. Todas as vagas exigiam graduação. Cinco delas permitiam a formação em qualquer área, já as demais se dividem entre graduados em engenharia civil, medicina (com residência ou especialização em medicina do trabalho), administração, direito, contabilidade, economia e qualquer área de informática.

Antes mesmo da abertura do edital, o concurso já era aguardado por estudantes de cursos preparatórios. Após o lançamento, houve quem chamou o processo seletivo de concurso da “década” em Santa Catarina. Os salários previstos são de R$ 11.660,45, com auxílio-alimentação de R$ 2.014,86 e auxílio-saúde na forma de reembolso em dinheiro para cobrir um plano de saúde da escolha e responsabilidade do beneficiário.

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total