nsc
nsc

No Senado

Controladora do voo da Chapecoense coloca autoridades da Bolívia na mira de CPI

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
25/11/2021 - 15h16
CPI da Chapecoense no Senado Federal ouviu a controladora Celia Monasterio
CPI da Chapecoense no Senado Federal ouviu a controladora Celia Monasterio (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)

Na primeira sessão após um ano e oito meses de trabalhos suspensos, a CPI da Chapecoense no Senado Federal teve um depoimento-chave. A controladora de voo boliviana Célia Monasterio falou aos senadores sobre o trabalho no dia do acidente com o avião do time catarinense, em novembro de 2016, quando morreram 71 pessoas. A funcionária da Administração de Aeroportos e Serviços Auxiliares da Navegação Aérea (Aasana) está presa em Corumbá (MS) porque fugiu da Bolívia, onde é procurada justamente pela investigação sobre o acidente.

Celia disse aos senadores que já pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) para ser extraditada já que pretende provar sua inocência no caso. O depoimento da funcionária na CPI fez com que os parlamentares ficassem com a visão de que as autoridades da aeronáutica da Bolívia foram os responsáveis por permitir a operação do voo da LaMia mesmo sem as condições necessárias.

A autorização teria sido feita pela Direção-Geral da Aviação Civil (DGAC) da Bolívia. Relator da CPI, o senador Izalci Lucas (PSDB-DF), o órgão deveria ter vetado a operação já que o plano de voo era inconsistente e sem a regularidade da apólice do seguro. A indenização para as famílias das vítimas, inclusive, é um dos principais pontos abordados pela CPI.

Presidente da Comissão, o senador catarinense Jorginho Mello (PL) apontou que o depoimento da controladora será importante para o avanço das investigações:

- O depoimento dela, os documentos que ela vai mandar para nos informar de novas provas que ela tem, a gente avança efetivamente para conseguir chegar aos verdadeiros responsáveis e quem tem responsabilidade com as indenizações, que são as companhias de seguro.

Leia também:

Avenida Beira-Mar Norte em Florianópolis terá mais duas pistas

Traficante que usou barcos de SC foi preso à espera de cirurgia para mudar o rosto

Candidato a diácono morre ao cair de telhado e despencar por seis metros em SC

Caminhão transportando casa em SC chama a atenção e provoca abordagem da PM

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas