O dia mais movimentado do Carnaval de rua Florianópolis comprovou que as apostas feitas para a festa de 2024 deram certo. Neste ano, a cidade decidiu fazer a folia com bandas locais e apostar numa organização e segurança de bloquinhos. No sábado, maior teste para a prefeitura, a estratégia deu certo. Sem ocorrências graves, a cidade amanheceu no domingo limpa e organizada. Segundo dados dos organizadores, mais de 400 mil pessoas curtiram blocos tradicionais no Centro da cidade.

Continua depois da publicidade

Calorão, fantasias e milhares de foliões: veja como foi o Bloco dos Sujos em Florianópolis

Água foi distribuída pela prefeitura para os foliões, além de caminhões-pipa que ajudaram a combater o calor no fervo. A quantidade de banheiros, uma reclamação recorrente em carnavais anteriores, também foi aumentada em quase 100%. Estratégias que se mostraram eficientes.

A segurança também chamou a atenção, diferenciando a capital catarinenses de outras cidades tradicionais de festas. Corredores de emergência foram instalados no entorno da Praça XV e agentes disfarçados buscavam quadrilhas especializadas em roubo de celular. O prefeito Topázio Neto (PSD) chegou a alertar sobre a operação tentando desestimular a prática. Mesmo assim, ocorreram furtos e a Polícia Militar recuperou mais de 70 aparelhos.

Os blocos deste sábado deixaram um recado para a cidade, de que não é necessário competir com outros locais por atrações nacionais. Basta focar naquilo que funcionou e que é bastante precioso: segurança e tradição.

Continua depois da publicidade

VEJA ABAIXO FOTOS DO CARNAVAL NO CENTRO DE FLORIANÓPOLIS:

Destaques do NSC Total