nsc
    nsc

    Abre e fecha

    Florianópolis terá novas restrições por coronavírus; reuniões nesta segunda definem ações

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    21/06/2020 - 19h20 - Atualizada em: 22/06/2020 - 06h22
    Florianópolis teve crescimento de casos nos últimos dias (Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom)
    Florianópolis teve crescimento de casos nos últimos dias (Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom)

    Florianópolis vai ter novas restrições por conta do coronavírus. Duas reuniões nesta segunda-feira vão discutir o que deve será regrado. O prefeito da Capital, Gean Loureiro, pretende definir com equipes técnicas as ações. O crescimento no número de casos motivou a decisão. Às 13h, a reunião será com o grupo de servidores da prefeitura de Florianópolis. Mais tarde, às 15h, uma videconferência terá a presença dos prefeitos de Biguaçu, Palhoça e, ainda a confirmar, de São José.

    O movimento nas ruas no final de semana aumentou a preocupação. Na visão do prefeito, ainda não é possível afirmar que o motivo do crescimento é o transporte coletivo porque a operação começou recentemente. Para Gean, a cidade está entrando na segunda onda do coronavírus.

    Em sua rede social, ainda no sábado, ele alertou de que discutiria ações a serem tomadas. Mais duas mortes na cidade foram confirmadas por coronavírus no sábado, o que motivou o posicionamento. No balanço deste domingo, Florianópolis tem 10 óbitos causados pela doença desde março.

    O que será fechado ainda não foi definido, mas a decisão de por novas restrições já foi tomada, segundo Gean. O anúncio das modificações deve ocorrer até esta terça-feira (22):

    - Estou muito preocupado, deu uma guinada no número de casos - disse o prefeito.

    Uma das preocupações do prefeito está também no crescimento das confirmações na Grande Florianópolis. Por isso a proposta de discutir ações conjuntas com os prefeitos de Palhoça, Biguaçu e São José.

    Ônibus intermunicipais nesta segunda-feira

    A volta dos ônibus intermunicipais em Florianópolis, que estava prevista para ocorrer nesta quarta-feira (17), foi adiada para esta segunda-feira (22). Segundo a prefeitura de Florianópolis, o adiamento na volta dos ônibus intermunicipais ocorre porque o protocolo sanitário teria sido enviado pelas empresas somente entre esta segunda e terça-feira. Com isso, não teria havido tempo hábil para avaliação do município e eventuais alterações.

    Na sexta-feira, o protocolo foi aprovado. O transporte intermunicipal também funcionará somente de segunda a sexta-feira, assim como o interurbano. A decisão envolve as empresas Jotur, Palhoça, Biguaçu, Santo Antônio e Imperatriz, que operam em municípios como Biguaçu, Governador Celso Ramos, São José, Santo Amaro da Imperatriz e Palhoça, que integram a Grande Florianópolis.

    Número de casos

    Florianópolis tem 1.108 casos confirmados da doença, segundo dados da secretaria da Saúde do Estado. Entre os municípios que mais tiveram casos novos inseridos na atualização do Estado estão Itajaí (105), Balneário Camboriú (61), Chapecó (31), Joinville (28) e Bombinhas (26). Timbó Grande é a novidade na lista de cidades com casos confirmados.

    Do total de pessoas que contraíram a doença no Estado desde o início da pandemia, 2.793 continuam em tratamento e 14.078 já estão recuperados, segundo dados do governo estadual.

    Leia mais:

    Gean avalia novas restrições em Florianópolis: "Ligamos o sinal de alerta"

    Veja dados atualizados do coronavírus em cada cidade de SC

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas