nsc
nsc

Infraestrutura

Governo Moisés reforça "Recurso próprio" em placas de obras

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
06/06/2021 - 07h00
Serra do Corvo Branco terá asfalto com recursos próprios do Estado
Serra do Corvo Branco terá asfalto com recursos próprios do Estado (Foto: Julio Cavalheiro/Secom)

O governo Moisés adotou uma nova prática no começo ou entrega de serviços de infraestrutura, principalmente. Placas com os detalhes sobre o investimentos trazem o item “Recurso próprio” para descrever a origem do valor aplicado.

Repasse do Estado para duplicação da BR-280 pode abrir nova frente de obras

Esse, aliás, tem sido praticamente um mantra do governo em discursos e entrevistas, que é destacar a economia interna e os efeitos disso nas obras. Na foto acima está a Serra do Corvo Branco, que terá trecho de 9,8 quilômetros asfaltado com os "recursos próprios" do cofre catarinense.

Pedido da prefeitura de Joinville por emendas para duplicar acesso é também “recado”

Mas tem reação

No ano passado, ao concluir a reforma da SC-401, o governo colocou uma placa sobre os “recursos próprios” na rodovia para destacar a obra. O deputado Bruno Souza (Novo), crítico constante da arrecadação de impostos, questionou o termo ao alegar que os recursos não são do Estado, mas sim do próprio contribuinte.

Duplicação da BR-470: SC aceita risco de exercer papel que é do governo federal

Na prática, entretanto, o que o governo Moisés tem buscado é comparar o atual formato de aplicação de recurso com o que ocorria em gestões anteriores através de financiamentos bancários.

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas