A desembargadora Cinthia Bittencourt Schaefer, responsável por decidir sobre a investigação da operação Limpeza Urbana, autorizou o prefeito de Ponte Alta do Norte, Ari Alves Wolinger, a ficar na mesma cela que os filhos. Os três foram presos em 26 de janeiro, nas buscas feitas pelo Gaeco do MP-SC. As suspeitas são de que eles estariam envolvidos num esquema de irregularidades nos serviços de limpeza da cidade do Vale do Contestado. O prefeito de Ponte Alta do Norte foi o 18º preso em Santa Catarina em um ano e dois meses.

Continua depois da publicidade

Funcionários da limpeza eram obrigados a devolver dinheiro a prefeito preso em SC

Os filhos de Ari, Rayan Jackson Wolinger e Hyago Heron Wolinger, estavam detidos no presídio de Lages, na Serra Catarinenses. A defesa deles, então, fez um pedido à desembargadora do TJ-SC para a transferência de ambos para o Complexo Penitenciário de Curitibanos, que fica em São Cristóvão do Sul, onde está Ari.

“A competência para regular as vagas no sistema penitenciário e para a transferência de presos para outras unidades prisionais do estado pertence ao Departamento de Administração Prisional”, frisou a magistrada. Assim, ela diz que “não possui objeções de que Brayan Jackson Wolinger e Hyago Heron Wolinger sejam transferidos para o complexo penitenciário de Curitibanos/SC”.

Ela destaca que é o local mais próximo da residência de seus familiares. Por fim, a desembargadora registra que não se opõe que pai e filhos, “eventualmente, fiquem na mesma cela”, caso Ari concorde.

Continua depois da publicidade

Atualização

O advogado Noel Baratieri, que defende o prefeito e os filhos, entrou em contato com a coluna para retificar a informação inicial de que o pedido ao TJ-SC para a transferência dos filhos havia sido feito pela secretaria de Administração Prisional. A informação correta é que a solicitação partiu da própria defesa. O advogado ainda afirma que não havia solicitado que todos ficassem na mesma cela, mas que esta disposição partiu da desembargadora.

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total