nsc
    nsc

    Mudança de postura

    Moisés contraria própria posição de 2018 ao indicar deputado para o secretariado

    Compartilhe

    Ânderson
    Por Ânderson Silva
    13/01/2021 - 06h54
    Carlos Moisés da Silva, governador de Santa Catarina
    Carlos Moisés da Silva, governador de Santa Catarina (Foto: Reprodução/NSC Total)

    A cada ato recente, o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), mostra que adotou uma nova postura política. Ao indicar o deputado Altair Silva (Progressistas) para o cargo de secretário de Agricultura, mais uma vez, o coronel da reserva dos Bombeiros comprova porque pode ser chamado de "novo Moisés". Isso porque, com a nomeação, o governador contraria o seu discurso do dia seguinte à vitória nas Eleições 2018. Em entrevista a este colunista e ao colega Upiara Boschi, ele disse que "deputado deve continuar sendo deputado" (veja abaixo o vídeo completo).

    O embarque do PP dos Amin no governo Moisés

    Há dois anos, Moisés assumiu o governo do Estado com uma linha de "nova política". E a indicação de parlamentares para o secretariado estava descartada. O governador chegou a sofrer pressão nos bastidores de aliados do PSL para levar deputados do partido ao primeiro escalão para que suplentes fossem chamados à Alesc. Mas Moisés não cedeu.

    Na entrevista de 30 de outubro de 2018, quando pergundo pelo colega Upiara se ele comprometeria a não indicar deputados para o secretariado, o então governador eleito respondeu:

    - Costumo dizer que o deputado eleito, ele foi eleito... é quase que um ato de desconsiderar a fé do eleitor, o propósito do eleito de colocar o voto na urna e dizer: 'vou lhe eleger deputado". Ele foi eleito para ser deputado. Penso que essa é uma unanimidade nas pessoas comuns. Pode não ser uma unanimidade no meio político, porque você tem o suplente, você tem que fazer isso girar. Muitas vezes você ocupa uma vaga e chama um outro deputado. Mas, pras pessoas que votam, onde eu converso, isso é uma unanimidade. E eu, até ontem, era exatamente só uma pessoa que votava. Então eu penso exatamente dessa maneira. Deputado foi eleito deputado. Deve continuar sendo deputado.

    Mas, depois de quase ser afastado definitivamente do cargo de governador em um processo de impeachment e estar na mira de outro, Moisés teve que se adaptar. Para isso, começou a entregar secretarias para parlamentares. Além de Altair Silva, outros nomes do parlamento são especulados. A tendência é que novas confirmações ocorram nos próximos dias.

    Veja abaixo a entrevista de Moisés de outubro de 2018. O então governador eleito fala sobre a indicação de deputados aos 19 minuto:

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas