nsc
nsc

Apurações

Operação Alcatraz está parada na Justiça, mas tem desdobramentos no governo do Estado

Compartilhe

Ânderson
Por Ânderson Silva
19/06/2021 - 10h24
Secretaria de Administração apura irregularidades apontadas pela PF
Secretaria de Administração apura irregularidades apontadas pela PF (Foto: Divulgação)

Enquanto na Justiça Federal a operação Alcatraz está paralisada à espera de uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, dentro do governo do Estado continuam andando as sindicâncias para apurar as irregularidades em contratos investigados pela Polícia Federal (PF).

Nas últimas semanas, a secretaria de Administração autorizou mais uma Comissão de Processo Administrativo Disciplinar contra um ex-servidor em licitação de alineação de imóveis de 2018.

Decisão do STJ

A juíza da 1ª Vara Federal de Florianópolis, Janaína Cassol Machado, enviou todos os processos em andamento da operação Alcatraz para Brasília. Eles serão analisados pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Hermann Benjamin.

Caberá a ele, por decisão do também ministro do órgão, Joel Paciornik, determinar quais ações continuam tramitando em primeira instância e quais ficam na Capital federal por conta da prerrogativa de foro privilegiado de parte dos investigados no começo da operação.

Leia também:

Juíza da Alcatraz é o Sérgio Moro de Júlio Garcia

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Ânderson Silva

Colunista

Ânderson Silva

Colunista da NSC Comunicação, publica diariamente informações relevantes sobre as decisões que impactam o catarinense, sem esquecer dos bastidores dos poderes. A rotina de Florianópolis em texto e imagens também está no radar da coluna.

siga Ânderson Silva

Mais colunistas

    Mais colunistas